PM fecha cerco contra criminalidade na manhã de quarta-feira (16), no bairro Lagomar - Foto Divulgação PM

Agentes realizam cinturão de segurança na localidade para estancar a criminalidade na região

O combate diário ao tráfico de drogas na área do 32º Batalhão de Polícia Militar (BPM) segue com ações que visam a prisão de suspeitos e apreensão de material do tráfico, enfraquecendo as facções criminosas e suas atividades ilícitas.

Por conta da onda de violência, a Polícia Militar montou uma operação nas primeiras horas da manhã desta quarta-feira (16), onde fez abordagens, buscas e intensificou o patrulhamento pelos bairros Lagomar e Parque Aeroporto.

Somente esta semana, três pessoas foram executadas a tiros no Lagomar. Na noite de última terça-feira (15), por volta das 18h, um homem foi executado a tiro quando trafegava em uma moto na Rua W30. Após a execução, bandidos colocaram fogo na parte do corpo da vítima, que é conhecido como ‘Fortinho’. A idade e identidade do rapaz ainda não foi revelada.

O corpo foi encaminhado para a o IML de Macaé.

Na noite de última sexta-feira (11), mãe e filho foram mortos a tiros, entre as Ruas W12 e W5. As vítimas foram identificadas como Diogo de Almeida Manhães e Rejane Pereira de Almeida. A Polícia Civil investiga o caso. Ainda não há pistas sobre a autoria e a motivação do duplo homicídio. Até o momento ninguém foi preso.

No último domingo (13), na Linha Vermelha, próximo ao Parque da Cidade, um adolescente de 16 anos, identificado como Pedro Borghi, que era integrante da Guarda Mirim de Macaé, morreu após ser espancado.

Ele chegou a ser socorrido e encaminhado para o Hospital Público de Macaé (HPM), mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Em nota, a Guarda Mirim, lamentou a morte de Pedro e informou que ele cumpria com todas as atividades desenvolvidas pelo programa com disciplina e respeito aos colegas e público que possuía contato.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here