Trabalhadores percorreram ruas e avenidas no Centro de Macaé e distribuíram panfletos e jornais de denúncia contra a estatal - Divulgação/Sindipetro-NF

Categoria realizou caminhada no início da tarde de sexta-feira (14), entre a base de Imbetiba, passando pela Avenida Rui Barbosa em direção a Praça Veríssimo de Melo.

Petroleiros em Greve realizaram uma caminhada, na tarde de sexta-feira (14), por volta das 12h30, na base de Imbetiba, em direção à Praça Veríssimo de Melo, em Macaé. Cerca de 100 trabalhadores se concentraram no portão da estatal, junto a diretores do Sindicato dos Petroleiros Norte Fluminense (Sindipetro – NF).

A categoria petroleira está em greve desde 1º de fevereiro. No Norte Fluminense, o movimento conta, até o momento, com a adesão de 35 plataformas e de bases de terra de Macaé. Os trabalhadores protestam contra as demissões de cerca de mil trabalhadores, contra o desmonte da companhia e contra a política de preços dos combustíveis que penaliza a população brasileira.

O Sindipetro-NF fez um chamado à unidade da categoria, para que as plataformas que restam sem fazer a adesão entrem para a greve. Na Bacia de Campos, apenas quatro unidades (PRA-1, P-08, P-54 e P-65) ainda não aderiram ao movimento.

Ainda em Macaé, foram realizadas panfletagens em pontos de grande concentração popular, como o Calçadão, avenidas e bases da estatal com distribuição de jornais. A publicação destaca a denúncia de que as riquezas brasileiras estão sendo entregues, comprometendo a soberania do país. No Parque de Tubos, em Macaé, houve trabalho de convencimento pela adesão à greve.

 

2 COMENTÁRIOS

  1. Parte da população não gosta dos petroleiros por inveja ou falta de conhecimento de causa. Petrobras ainda continua sendo um alicerce para Macaé. O Presidente atual, o Ministro da Economia e o Presidente da Petrobras estão determinado a destruir a Petrobras pporque consideram domínio de pessoas que votam contra o seu governo. Isto é falácia pois a destruição da BR afeta o pais. Este pais sem empregos para jovens novos e velhos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here