Estatal está de olho no potencial de petróleo da Bacia de Campos

Estatal manifesta interesse para participar da 6ª rodada de licitação da ANP

A área Norte de Brava, situada na Bacia de Campos, será reservada como prioridade para a Petrobras na 6ª rodada de licitação, na modalidade de partilha, que será realizada neste ano pela Agência Nacional do Petróleo (ANP).

O principal interesse da estatal é no volume de óleo bruto prospectado em reservas situadas em águas profundas, o que elevaria o potencial de produção da companhia em médio e longo prazos. O valor correspondente ao bônus de assinatura a ser pago pela companhia, considerando que o resultado do leilão confirme apenas a participação acima indicada, é de R$ 1,8 bilhão. A estatal também manifestou interesse em áreas da Bacia de Santos.

A Petrobras poderá ampliar o percentual de 30% indicado para a área onde está exercendo seu direito de preferência, formando consórcio para participar da licitação. Em relação às áreas em que a Petrobras não exerceu o seu direito de preferência, a companhia poderá participar em condições de igualdade com os demais licitantes, seja para atuação como operador ou como não-operador.

De acordo com a ANP, a 6ª Rodada de Partilha oferecerá os blocos Aram, Bumerangue, Cruzeiro do Sul e Sudoeste de Sagitário, na Bacia de Santos, e Norte de Brava, situado na Bacia de Campos. A data ainda será definida pela Agência.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here