Petrobras arremata novo bloco do pré-sal na Bacia de Campos

564
A ANP iniciou hoje a 5ª Rodada de Licitações de Partilha da Produção de petróleo em áreas do pré-sal

Bônus de assinatura de R$ 70 milhões será pago pela companhia que assumirá 100% da exploração da reserva

O bloco sudeste de Tartaruga Verde, área situada no pré-sal da Bacia de Campos, foi arrematado pela Petrobras durante a 5ª rodada de licitação para partilha de produção, realizada na manhã desta sexta-feira (28), pela Agência Nacional do Petróleo (ANP), no Rio de Janeiro.

Com bônus de assinatura fixado em R$ 70 milhões, a área passa a integrar o portfólio da Petrobras que reúne projetos em análise e desenvolvimento para exploração de petróleo e gás em reservas situadas em águas ultraprofundas.

Na abertura da rodada, o diretor da ANP, Décio Oddone, afirmou que a sequência de leilões realizada pela Agência desde o ano passado representa o amadurecimento do mercado do petróleo nacional, o que permite a retomada das atividades do setor por todo o país.

“Temos hoje os sentimentos de realização, por tudo que foi alcançado neste período, de gratidão e de determinação para que possamos continuar trabalhando no rumo certo”, disse Oddone.

A área arrematada pela Petrobras nesta rodada, em lance único, complementa projeto em andamento da companhia, que iniciou em junho deste ano, a produção de óleo e gás no pré-sal da Bacia de Campos, também em reservas de Tartaruga Verde, que possui capacidade de extração de 150 mil barris de petróleo e 3,5 milhões de metros cúbicos de gás, através do do FPSO Cidade de Campos dos Goytacazes.

O campo de Tartaruga Verde está situado a 127 quilômetros da costa de Macaé.