Com a desativação, a Gestão Ambiental planeja a instalação de novos Pontos de Entrega Voluntária de Resíduos - Arquivo

Órgãos entendem que esse tipo de atividade entra em conflito com os objetivos de uma Unidade de Conservação de Proteção Integral

O Ecoponto do Parque dos Pássaros, localizado no bairro Jardim Mariléia, em Rio das Ostras, foi desativado na manhã desta quarta-feira (3) pelo Instituto Estadual do Ambiente (INEA). a Ação se deve à recomendação do órgão junto com a Secretaria de Meio Ambiente, Agricultura e Pesca que já estudava a desativação do Parque Natural Municipal dos Pássaros, por entender que esse tipo de atividade entra em conflito com os objetivos de uma Unidade de Conservação de Proteção Integral. Após recomendação do INEA, o processo foi acelerado.

Com a desativação, a Superintendência de Gestão Ambiental, planeja a instalação de novos Pontos de Entrega Voluntária de Resíduos no município.

Vale ressalta que, somente o ecoponto do Centro de Educação Ambiental Professor Leandro Faria Sarzedas (Cedro) continua funcionando. O Cedro está situado na Avenida Linda, s/nº, em Nova Esperança.

O projeto ecoponto foi criado para atender a coleta seletiva no município, através dos ecopontos, que são pontos de entrega voluntária em que cidadãos podem levar seu material reciclado para ser destinado à coleta seletiva.

A orientação é que os cidadãos voluntários tragam os resíduos separados e limpos para a Secretaria, para que sejam separados nos contentores. Os resíduos serão entregues Organizações Não Governamentais (ONGs) para destinação correta.

1 COMENTÁRIO

  1. Prezados colegas, o título da matéria está equivocado. Não foi o Parque dos Pássaros que foi desativado, mas o ECOPONTO que ali funcionava. Que tal uma correção para se evitar confusões maiores com fake-news?

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here