Pablo Ribeiro Dias é apaixonado pela Princesinha do Atlântico e aposta em projetos sociais como suas principais causas a serem defendidas caso seja eleito - Divulgação

O pré-candidato à Vereador, Pablo Ribeiro Dias, promete lutar pelos autistas, dependentes químicos e pela causa animal

Apaixonado pela Princesinha do Atlântico, nascido em Macaé e morador do bairro Miramar, desde criança, o pré-candidato à vereador pelo Partido Trabalhista Cristão (PTC), Pablo Ribeiro Dias, de 35 anos, aposta em projetos sociais como suas principais causas a serem defendidas.

Pai de três filhos, servidor público municipal há mais de 10 anos e estudante de Direito, Pablo afirma que deseja construir uma cidade nova e diferenciada. “Precisamos elevar o nível das discussões dentro da Câmara Municipal de Macaé, debatendo política de verdade. Vereador não tapa buracos e não faz obras. Vereador propõe e constrói caminhos para que o executivo possa fazer suas execuções”, ressalta.

Pablo com a sua bonita família: a esposa Cíntia Bohrer de Medeiros Dias e os filhos Juan Pablo, Sophie e Giovanna (ainda na barriga)

Para o seu mandato, Pablo vê na educação, o princípio de tudo na sociedade, sendo necessário fomentá-la ainda mais no município, nos níveis básico, fundamental, médio e superior. Além disso, o macaense aponta o ensino técnico, que não é da alçada do poder público, como uma ferramenta oportuna para a geração de emprego, incluindo ainda a luta por emprego e qualificação profissional. “Trazendo parcerias públicas-privadas para fundamentar uma escola técnica municipal, chamando empresas privadas para manter esse projeto as isentando, seria uma boa oportunidade para qualificações profissionais do povo e fonte de renda”, salienta.

Quanto às causas sociais apostadas por Pablo, uma dessas é relacionada às pessoas com autismo. A visita que fez à Curitiba, onde conheceu a clínica-escola para crianças e jovens com espectro autista, despertou a sua vontade de criar o mesmo modelo em Macaé. Para ele, um espaço similar na cidade seria imprescindível para a integração, socialização e formação desse público em sociedade. “Quando se fala de uma clínica-escola, falamos de um lugar totalmente preparado para atender esse público portador do espectro autista, por meio de psicólogo, psicanalista, psiquiatra, clínico geral e outros profissionais da saúde, dando todo apoio necessário”, pontua.

Já em São Paulo, Pablo diz ter conhecido o hospital de atendimento em emergência aos animais que funciona 24h, sendo a causa animal uma outra de suas bandeiras sociais. “Quero trazer para cá, dando dignidade às pessoas que possuem animais, dando a elas o direito de ter e cuidar dos mesmos. Tem como fazermos aqui um Hospital Público Veterinário de Emergência”, acredita.

Filho de um ex-dependente químico que driblou o mundo das drogas e conseguiu se reerguer, Pablo, que pertence a uma família cristã, diz ainda ter um projeto para auxiliar aos dependentes químicos, criando assim, uma clínica de reabilitação capaz de atender a esses que não possuem condições financeiras para se tratarem.

De acordo com Pablo, apesar do gás ser a novidade do momento, é preciso investir em turismo e em indústria no município, a fim da geração de empregabilidade, e do reaquecimento da economia local, afetada pela crise da Petrobras. Além disso, Pablo reforça também a necessidade de um melhor amparo aos servidores públicos e, caso seja eleito, trabalhará em prol da valorização desta categoria.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here