Prefeito eleito de Macaé, Welberth Rezende - Divulgação

Representantes dos mais diversos segmentos da sociedade macaense parabenizam o jornal O DEBATE registrando suas manifestações de carinho pelos 44 anos de circulação

Neste momento em que o jornal O DEBATE encerra um ciclo neste sábado (28), fechando seu tempo de jornal impresso (PDF), esta edição especial circula com depoimentos de representantes de diversos segmentos da sociedade macaense, manifestando o seu respeito pelos serviços prestados em quase 45 anos de atividades.

O Prefeito eleito de Macaé, Welberth Rezende, declarou que é “Impossível falar da história de Macaé sem mencionar O DEBATE. Para mim, toda a imprensa da região deve muito à esse veículo, sobretudo ao seu fundador, o jornalista Oscar Pires. Muitos profissionais de imprensa foram forjados na redação do DEBATE e nossa sociedade foi muito impactada por seu brilhantismo, ética e amor ao jornalismo. Com certeza O DEBATE sai do impresso mas eterniza o seu papel na história de Macaé.”

Deputado Federal Christino Áureo – Divulgação

O Deputado Federal Christino Áureo afirma que “nos novos tempos é evidente que tudo se transforma e a nova era digital exige também novos formatos e novos caminhos. Sem dúvida alguma, ficarão na minha memória para sempre meus primeiros contatos com o O DEBATE. Na adolescência, gostava muito de ir à gráfica do jornal, ali no bairro Miramar, próximo do Sindicato dos Ferroviários, onde muitas vezes fui acompanhado do meu pai, para também participar de atividades no sindicato, e com muita curiosidade ver um jornal que ainda estava nascendo. Nesses anos todos, o jornal O DEBATE sempre esteve presente na minha vida e trajetória, tanto como macaense, quanto como representante de Macaé nos parlamentos, no poder executivo e nas diversas esferas.”

Vereador Guto Garcia – Divulgação

Já o Vereador Guto Garcia ressaltou que “a história e os principais acontecimentos que marcaram o dia a dia de Macaé foi retratado somente pelo jornal O DEBATE. Macaé agradece.”

 

 

 

 

Presidente da Acim Francisco Navega – Divulgação

O Presidente da Associação Comercial e Industrial de Macaé (Acim), empresário Francisco Navega, ressaltou que O DEBATE conta a história de Macaé há mais de quatro décadas. “Sabemos que a modernidade impõe novas diretrizes e posicionamento, mas a cidade fica muito sentida pela falta que um jornal impresso do nível do O Debate, que nos seus 45 anos esteve presente na vida do macaense e toda região. A importância desse jornal é inestimável. Fica aqui minha gratidão a toda equipe da informação em nossas vidas.”

 

Presidente da OAB/Macaé, Dr. Fabiano Paschoal – Divulgação

O Presidente da 15ª Subseção da OAB\RJ, Dr. Fabiano Paschoal, diz que: “O Jornal O DEBATE encerra um ciclo depois de começar outro, que é das mudanças no sistema. Mas as dificuldades com a pandemia ficam patentes nos dias atuais e só o futuro poderá dizer qual a alternativa.

 

 

 

Professor Francisco Esteves – Divulgação

Já o Vice-Diretor do Instituto de Biodiversidade e Sustentabilidade NUPEM/UFRJ e Professor Titular em Ecologia da UFRJ, Francisco Esteves, ressalta que o “Jornal O DEBATE, na sua fase impressa, representou uma importante fonte de informações sobre a história econômica, social ambiental de Macaé e região. Suas reportagens, sempre muito bem escritas e didaticamente diagramadas, constituem, na atualidade, em uma sólida fonte bibliográfica, tanto para pesquisadores, como para alunos, em todos os níveis de ensino, que desejam obter informações fidedignas sobre a sociedade, a cultura e as artes macaense. Não poderia deixar de expressar os meus mais sinceros agradecimentos a equipe atual e aquelas que, ao longo de décadas se dedicaram à construção deste periódico, que é um orgulho, não só para os cidadãos macaenses, mas também para todos os cidadãos fluminenses.”

Teatrólogo e Professor Ricardo Meirelles – Divulgação

Para o professor, teatrólogo e ex Vice-Prefeito, Ricardo Meirelles, O DEBATE está morrendo vítima da pandemia do coronavírus que não poupa vidas. Eu, como amante do papel, vou sentir muita falta, mas continuarei acompanhando o desenrolar dos acontecimentos para ver nascer uma nova oportunidade.

 

 

Ex Vice-Prefeito Marilena Garcia – Divulgação

A ex Vice-Prefeita e professora Marilena Garcia faz uma análise dos quase 45 anos de atividades do jornal. “O DEBATE começa sua existência antes da chegada da Petrobras. Ou seja, começa vivendo e registrando os fatos políticos, históricos e econômicos da nossa Macaé, antes de um ciclo petrolífero se instalar na cidade. E depois o jornal O Debate acompanha quase meio século de história, mostrando todas as transformações radicais. A equipe, com muita sensibilidade, bem diversificada, amplia os horizontes de visão do O Debate e evidentemente os registros históricos são bastante enriquecidos. Eu parabenizo quase meio século do jornal dizendo que sou muito grata ao jornal, porque eu como primeira mandatária vereadora da Câmara Municipal de Macaé, em 1982, contei muito com o jornal. E isso me fortalecia. Parabéns a todos vocês e gratidão, gratidão, gratidão.”

 

 

 

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here