Walas Gomes, de 32 anos, morreu na tarde de sexta-feira (5), na Barra de Macaé - Arquivo pessoal

Vítima foi identificada como Walas Gomes, de 32 anos, morto na tarde de sexta-feira (5)

O mototaxista Walas Gomes, de 32 anos, foi executado com vários tiros, na tarde de sexta-feira (5), por volta das 13h, na Barra de Macaé. O crime aconteceu em um ponto de mototaxi, em frente a uma pizzaria, Esquinão da Pizza.

De acordo com os primeiros levantamentos, Walas estava na moto, e ao chegar em frente a pizzaria, foi surpreendido por um homem que efetuou vários tiros na região da cabeça da vítima, que acabou morrendo no local.

Após executar o mototaxista, que segundo informações da população – Walas era um dos responsáveis pelo ponto do mototáxi da Nova Holanda – , o criminoso fugiu logo em seguida.

Minutos depois, a Polícia Militar (PM) recebeu uma denúncia sobre a execução e se dirigiu até a comunidade, onde constatou o fato. Colegas de trabalho e amigos não souberam explicar o motivo da execução, e disseram que Walas era morador da localidade.
Até o final desta edição, as motivações do crime ainda eram desconhecidas pela Polícia Civil.

Por volta das 16h, o perito esteve no local, e logo em seguida, o corpo da vítima foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Macaé, e a motocicleta foi levada para a 123ª Delegacia de Polícia de Macaé, onde o caso foi registrado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here