Faleceu na madrugada desta sexta-feira (25), dia de Natal, o empresário Leônidas Antônio da Fonseca, vítima de Covid-19, causando tristeza e dor entre os macaenses. Aos 80 anos de idade, Leônidas contraiu coronavírus e estava há cerca de um mês internado em hospital em Niterói. Ao longo do tratamento, ele foi negativado, mas teve complicação de uma pneumonia e não resistiu, vindo a falecer.

Uma missa de corpo presente é celebrada às 10h deste sábado (26) na Igreja de São João Batista, em Macaé. Em seguida, o seu corpo será enterrado no Cemitério Memorial da Igualdade.

Merece lembrar que, durante a missa, será respeitado o o protocolo de segurança com máscara, álcool gel e distanciamento, obedecendo o limite de pessoas de acordo com os protocolos de segurança da Igreja.
Nascido em Bom Jesus de Itabapoana (ES) em 12 de junho de 1940, Leônidas se tornou um empreendedor bem sucedido, sendo proprietário de Postos de combustíveis Texaco e da Fazenda Bela Vista, entre outros empreendimentos em Macaé.

Pessoa muita querida na cidade, inclusive membro atuante do Lions Clube de Macaé, Leônidas era casado com Regina Coeli Tanus Fonseca, com quem tinha três filhos, Léo Junior, Anna Paula e Juliano, e sete netos.

Os amigos receberam a notícia de sua morte com muita tristeza. Inúmeras pessoas usaram as redes sociais para expressar sua tristeza pelo seu falecimento. “Leônidas, que significa “forma de leão”, teve uma participação social que gera frutos importantes em nossa comunidade, e deixa seu legado familiar ainda mais forte a partir desse momento. Amor e generosidade são marcas evidentes dessa pessoa que nos serve de inspiração para colaborarmos por um mundo melhor”, disse um dos amigos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here