Deuler com sua esposa Dona Maria Alice Rodrigues Esteves, com quem se casou há 50 anos - Arquivo pessoal

Os filhos do empresário, Evandro e Émerson Esteves, usaram as redes sociais para informar sobre o falecimento do pai e falar de sua tristeza no momento

Faleceu terça-feira (10) o empresário Deuler Esteves da Silva, aos 76 anos. O velório acontece na Capela D do Cemitério Memorial da Igualdade, onde haverá uma cerimônia religiosa às 16h dessa quarta-feira (11) e, em seguida, o corpo segue para a cremação em Itaboraí (RJ).

O empresário morreu vítima de Covid-19, tendo permanecido internado no CTI do Hospital Unimed por 34 dias, mas foi testado curado há 10 dias. Porém, as sequelas não puderam ser revertidas e ele teve complicações cardiológicas, vindo a falecer.

Os filhos do empresário, Evandro e Émerson Esteves, usaram as redes sociais para informar sobre o falecimento do pai e falar de sua tristeza no momento. “Desculpem por nesse momento não poder ligar para cada um de vocês, mas é com a mais profunda tristeza que comunico o falecimento do nosso pai. Agora está na Gloria de Deus para toda eternidade. Agradecemos as orações de todos e a saudade é muito forte. Foi muito guerreiro, lutou muito pela vida”, declararam os irmãos.

E prosseguiram dizendo que “agradecemos pelas orações durante essas semanas de luta e vos aguardamos para esse momento de despedida.”
O filho, Empresário Emerson, revelou que Deuler teve três paradas cardíacas e não resistiu. “Partiu em paz e confiamos que está recebendo todas as bençãos de Deus”, disse.
Recentemente, Deuler foi homenageado com a Medalha Lacerda Agostinho, mas não chegou a receber devido a internação.

A Associação Comercial e Industrial de Macaé (Acim) soltou uma nota de pesar, destacando que “É com pesar que a presidência e toda diretoria da Acim lamenta o falecimento do Senhor Deuler Esteves da Silva, empresário, empreendedor e fundador da Polar Componentes, um dos pilares da formação da cadeia de fornecedores, para as atividades do petróleo em Macaé. Aos amigos e familiares, as nossas siceras condolências.

Deuler Esteves da Silva nasceu em Minas Gerais, na cidade de Paraobeba, em 08/10/1944, e faleceu dia 10/11/2020. Era filho do Sr. Joaquim Esteves da Silva e Dona Francisca Araújo Esteves, que tiveram ao todo treze filhos, dos quais nove chegaram à idade adulta. Seu pai, Sr. Joaquim, era empreendedor tendo tido padarias e migrado em busca de melhores perspectivas de vida para sua família, chegando finalmente à cidade de São Paulo nos anos 50, onde se estabeleceu.

No início da indústria automobilística no Brasil, Deuler foi selecionado para estudar como aprendiz de mecânico na recém construída fábrica de caminhões da Mercedes-Benz em São Bernardo do Campo, onde, após os anos de curso técnico com instrutores alemães e brasileiros, teve seu primeiro emprego, e adquiriu conhecimentos que o nortearam por toda a sua vida. Trabalhou também na Villares, American Equipamentos e Tema-Terra Maquinaria, nessas como mecânico de guindastes, profissão que o trouxe para Macaé periodicamente de 1978 a 1980, durante a adaptação do Porto de Imbetiba para as operações de apoio Offshore.

Em 29 de dezembro de 1980, com o porto de Imbetiba já em operação, veio para Macaé com a família, sua esposa Dona Maria Alice Rodrigues Esteves, com quem se casou há 50 anos em 06/12/1969, e seus dois filhos, Evandro e Emerson Rodrigues Esteves da Silva.
Deuler chefiou diversos times de manutenção e foi responsável por inúmeros contratos de guindastes, tanto no Pier da Petrobrás quanto em diversas plataformas da Bacia de Campos até a sua aposentadoria, no início dos anos noventa. Em 1991, fundou a empresa individual Deuler Esteves da Silva ME, que foi sucedida no ano seguinte pela POLAR, com a entrada de seus filhos na sociedade, primeiro Evandro em 1992 e depois Emerson em 1995.

Na Polar Deuler replicou seus valores pessoais e da família, como o respeito com que trata a todos, a seriedade e responsabilidade com que conduz os negócios, a preocupação com o bem-estar de todos, a começar pelo círculo mais próximo e expandindo por toda a sociedade. Deuler soube manter a família unida em torno dos negócios, e sempre foi o Norte para seus filhos. Graças a ele, a Polar se estruturou e expandiu inclusive para fora do Brasil, tornando-se uma referência na distribuição de componentes para a indústria offshore. Até sua internação, Deuler continuou muito ativo em suas atividades, mesmo tendo que conciliar com os cuidados de sua saúde e de sua esposa Maria Alice. Esteve sempre à postos para ajudar qualquer um que lhe pedisse ajuda, com muito carinho e dedicação.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here