Morre aos 68 anos, pescador e poeta Tio Jorge

447

Jorge Barcelos, faleceu de um infarto fulminante, no domingo (14), em Macaé

O pescador, ambientalista, poeta e cantor, Jorge Barcelos, conhecido como ‘Tio Jorge’, faleceu no domingo (14), em Macaé, vítima de um infarto fulminante. Ele deixou esposa, três filhos e um legado de amor e luta em prol da preservação da Lagoa de Imboassica.

Tio Jorge lutou pelo direito de continuar o seu ofício e dos seus companheiros de pescaria em uma área protegida por legislação federal. Exerceu a função de presidente da Associação de Pescadores Artesanais da Lagoa de Carapebus. Tio Jorge era detentor de relevante conhecimento sobre a região que deu origem ao Parque Nacional da Restinga de Jurubatiba.

Filho caçula de uma família de pescadores e agricultores, semianalfabeto, que se tornou um poeta da natureza. Foi após a criação do Parque, situado na região Norte Fluminense, que Tio Jorge começou a se destacar como interlocutor entre os pescadores e o plano de manejo imposto pelo governo.

Foi um amante da natureza, e lutou por ela ao longo de sua vida, sentindo e conhecendo os segredos da terra, da restinga, dos manguezais e da água desde criança, sempre acompanhando o velho pai na cultura simples da roça e das pescarias, caminhando sobre dormideiras com os pés descalços sobre o orvalho frio da manhã, em busca do pescado na Lagoa de Carapebus, para sustento da grande prole de quatorze irmãos.

O sepultamento de Tio Jorge ocorreu às 9h desta segunda-feira (15), no Cemitério Mirante Memorial da Igualdade, na Virgem Santa, em Macaé.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here