Cedae informou que o vazamento aconteceu tubulação na Av Amaral Peixoto no Miramar, interrompendo o abastecimento de água nos bairros Cavaleiros, Praia Campista, Costa do Sol, Parque Valentina Miranda, Cajueiros, Morro do Carvão e parte de Sol y Mar.. Foto: Divulgação

O desespero da falta d’água vivida pelos moradores da Praia Campista e bairros adjacentes chega a um final feliz. Parece que o problema está resolvido, e todos festejam a volta do abastecimento de água.

Após ameaça de protesto e de fechar a Rodovia Amaral Peixoto, a Cedae ouviu o clamor dos moradores e providenciou o conserto de um vazamento.

O presidente da Associação de Moradores da Praia Campista, Paulo Neiva, informou que a água voltou forte às cisternas das casas, abastecendo as necessidades das famílias e do comércio daquele bairro.

Paulo Neiva ressaltou que Cedae informou que o vazamento aconteceu tubulação na Av Amaral Peixoto no Miramar, interrompendo o abastecimento de água nos bairros Cavaleiros, Praia Campista, Costa do Sol, Parque Valentina Miranda, Cajueiros, Morro do Carvão e parte de Sol y Mar.

.

Neste tempo de pandemia, com a ordem de permanecer em casa para conter o contágio do coronavírus, os moradores da Praia Campista foram os primeiros a sentir a interrupção do abastecimento, que durou cerca de 10 dias sem cair uma gota do precioso líquido em suas cisternas.

A Diretora escolar do Governo do Estado e síndica de um condomínio no bairro, Renilda Simeão, está aliada com o retorno da água.

Da mesma forma, Patrícia Barboza, outra moradora do mesmo bairro, afirma que o problema atingiu toda a vizinhança, e todos agora estão satisfeitos com o pronto atendimento da Cedae.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here