Estádio vem recebendo as melhorias para tentar conseguir os laudos necessários a tempo - Arquivo/ O DEBATE

Segundo o Macaé Esporte, prefeitura vem realizando as melhorias necessárias para regularizar tudo a tempo antes do início da Seletiva do Campeonato Carioca

Faltando apenas três semanas para a estreia da Seletiva do Campeonato Carioca, os clubes que irão disputar a fase preliminar correm contra o tempo para garantir que os estádios indicados sejam liberados para receber os jogos na temporada.

Escolhido pelo Macaé Esporte, o Estádio Cláudio Moacyr de Azevedo, o Moacyrzão, foi o único que apresentou pendência nas quatro exigências necessárias para a liberação para o público. São elas: a Vigilância Sanitária, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros (LPCI – Laudo de Proteção conta Incêndios) e Engenharia.

Além dele, os estádios Giulite Coutinho (America), Eduardo Guinle (Friburguense), Laranjão (Nova Iguaçu) e Luso Brasileiro (Portuguesa) também apresentam, no mínimo, uma pendência.

Procurada pela nossa equipe de reportagem, a assessoria de imprensa do Alvianil Praiano disse que a Prefeitura de Macaé está fazendo as melhorias necessárias no Moacyrzão para conseguir os laudos a tempo.

No início do mês passado, o presidente do Leão, Mirinho, falou sobre os trabalhos no local. “Estive visitando o Claudio Moacyr e fiquei muito feliz com tudo que vi. Os vestiários estão com pintura nova e ar-condicionado, a prefeitura está atuando com muito afinco para oferecer o melhor, não só para o clube, mas principalmente para o torcedor e a cidade. Até a nossa estreia em casa, o estádio estará liberado e com capacidade para 7 mil torcedores, mas essa capacidade vai subir”, garantiu na ocasião.

Não é de hoje que o estádio é alvo de problemas. Durante uma partida entre Cabofriense e Botafogo, em janeiro, pela fase principal do Cariocão- Série A, um refletor pegou fogo. No mesmo dia, os jogadores reclamaram da presença de marimbondos emu ma das traves. O caso ganhou repercussão nacional ao ser noticiado pelo Fantástico, da Tv Globo.

No início desse ano, estádio foi interditado para reformas durante o Carioca após incidentes durante a partida entre Cabofriense e Botafogo – Arquivo/ O DEBATE

Na época, o jornal O DEBATE fez uma denúncia sobre as condições do estádio, que apresentava problemas estruturais. Parte da sustentação da cobertura das arquibancadas, que é de ferro, estava enferrujada e com pedaços corroídos.

Depois do fato ocorrido durante o Estadual, a Defesa Civil interditou o local e a prefeitura deu início a obras de melhorias emergenciais. Por conta disso, o jogo entre Macaé e Goytacaz acabou sendo transferido para o Estádio Ferreirão em Cardoso Moreira.

Vale lembrar que problemas no Moacyrzão já fizeram o clube jogar uma temporada fora de casa. Em 2017, o Macaé Esporte ficou impossibilitado de jogar na cidade.

Macaé realiza jogo treino

Em meio as quarto baixas no elenco na última semana, a equipe segue com os preparativos para a Seletiva. O Leão realizou um jogo-treino contra o Búzios na última sexta-feira (29), no Moacyrzão. O time dono da casa levou a melhor ao vencer por 1 a 0, com gol de Hudson.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here