Menor é apreendido após confessar assassinato contra motorista de aplicativo

525

Adolescente de 17 anos, foi detido na noite de quinta-feira (20), por volta das 19h, na Comunidade da Linha, no Cajueiros

Após o assassinato do motorista de aplicativo identificado como Anderson Cruz Elias, de 41 anos, – crime registrado na noite da última terça-feira (18) -, a Polícia Militar fechou o cerco nas primeiras horas da manhã de quinta-feira (20), na Comunidade da Linha, no bairro Cajueiros.

O final do desfecho terminou à noite de feriado (20), com a prisão de um adolescente, de 17 anos, que acabou confessando o crime. Com base em dados do Serviço de Inteligência (P2), obtidos pela 123ª DP e o 32° BPM, foi possível, na data do dia 19, no interior da Comunidade da Linha, em Macaé, localizar e apreender um revólver calibre 38, a arma supostamente usada no crime, ocorrido no dia 18, contra o motorista de aplicativo.

A arma estava em uma residência em posse de um morador da Comunidade da Linha e continham três munições intactas e uma deflagrada. O envolvido de 62 anos, chegou ser detido e encaminhado para a 123ª DP de Macaé, onde prestou depoimento sobre o homicídio e o autor do crime que a princípio estava foragido.

Já na noite de quinta-feira (20), policiais ocuparam mais uma vez a Comunidade da Linha, que chegou montar cerco tático e avistaram o suspeito de 17 anos, que tentou empreender fuga sendo alcançado mais a frente.

Ao ser capturado, o adolescente confessou ser o autor do homicídio. Diante dos fatos, o suspeito foi encaminhado para 123ª DP, onde o delegado titular Filipe Poeys, o manteve apreendido pelo ato infracional análogo ao crime de homicídio. O menor ficará a disposição do Ministério Público e será encaminhado para medida socioeducativa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here