O município tem 9.328 casos de coronavírus confirmados - Divulgação

Macaé é o primeiro do estado do Rio de Janeiro a entrar na Faixa Verde e sinaliza que a pandemia pode estar chegando ao fim

Macaé ainda precisa percorrer um caminho de muita força e coragem para derrotar o inimigo do momento: a Covid-19. Foram mais de seis meses de muita luta e trabalho, mantendo os cuidados necessários para conter a contaminação do coronavírus, e atendendo todos os protocolos exigidos pela Organização Mundial da Saúde e os decretos municipais. Neste contexto, o município vem demonstrando que está enfrentando muito bem a pandemia, chegando a registrar agora o ponteiro na fase de menor risco da Covid-19, e sendo o primeiro do estado do Rio de Janeiro a entrar nesta classificação da Faixa Verde, ou seja, de baixa contaminação, com a taxa de reprodução de 0,81.

E uma das grandes referências das ações do poder executivo no combate a Covid-19 é o Centro de Triagem do Paciente com Coronavírus, que completou seis meses de funcionamento na quinta-feira (17). Ao longo desses meses, o local, que foi criado para atendimento exclusivo a pacientes diagnosticado com a doença, realizou 26.423 atendimentos, se tornando uma das principais medidas no controle à doença. O setor conta com uma equipe interdisciplinar formada por médicos clínicos, pediatras, fisioterapeutas, enfermeiros, técnicos de enfermagem, bióloga, agentes administrativos, auxiliares de serviços gerais e condutores de ambulância.

A Secretaria de Saúde fez um balanço das atividades do setor, apontando para os seguintes números: 9.505 testes, sendo 4.139 testes rápidos com 1.639 reagentes e 5.366 por PCR (swab) com 2.202 detectáveis. Atualmente, foram realizados em todo município 30.211 testes, sendo 7.385 positivos.

Outras medidas foram adotadas pelo governo municipal na prevenção e combate ao coronavírus, como barreiras sanitárias; isolamento social com suspensão de aulas e atividades laborais; criação do Centro de Cooperação Inter hospitalar, composto por todos os hospitais públicos e particulares do município; uso obrigatório de máscaras; Bolsa Alimentação para alunos da rede municipal; criação do Centro Municipal de Quarentena, higienização de locais públicos e testagem em massa foram algumas dessas ações.
Da mesma forma que a flexibilização das atividades cumpriu um plano de retomada elaborado pelo governo municipal e apresentado ao Ministério Público, responsável também pelo êxito do trabalho de combate ao coronavírus.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here