Trabalhos estão sendo feitos em período integral visando a estreia no próximo dia 22, diante do América - Divulgaçào/ Ivy Caroline

Técnico Mário Júnior comentou sobre a chegada de alguns jogadores e como tem sido o trabalho há poucos dias do jogo contra o América

Primeiro nome anunciado pelo Macaé Esporte para a temporada, o técnico Mário Júnior foi a aposta do clube para a disputa do Campeonato Carioca. Faltando um pouco mais de uma semana para a estreia na Seletiva, o comandante comentou sobre como tem sido o trabalho à frente do Alvianil Praiano.

Com poupo tempo para os ajustes finais, o trabalho segue em ritmo acelerado e em período integral. “Essa última semana foi de ajustes na formação da equipe para entrosar alguns jogadores que chegaram na semana passada. Os atletas estão entendendo aquilo que pensamos como metodologia de jogo”, destacou o treinador em entrevista à FERJ.

Enquanto o trabalho é feito dentro de campo, o Leão segue na busca por reforços. Na última semana, foram anunciados quatro nomes: o lateral-esquerdo Taíra, o volante Kássio, o atacante Zambi e o zagueiro Mailson.

O nome do zagueiro foi, inclusive, comemorado por Mário Júnior. Ele, junto do meia Gerson, que estava no Artsul, são algumas das apostas do treinador.

“O Gerson é um meia que tem o último passe muito bom. Ele tem controle de jogo e vai ser uma peça fundamental na bola parada para o nosso time. O Maílson é um zagueiro muito rápido que sabe sair jogando. Ele chegou na semana passada mas já está entrosado com o Vladimir”, avaliou.

O Macaé entra em campo no próximo dia 22. O jogo será contra o América, fora de casa.

Como será a Seletiva

Nessa fase, duas das seis equipes brigam para garantir a vaga na elite do futebol carioca. Se o Macaé se classificar, ele encara o Madureira (caso fique em primeiro na Seletiva) ou o Flamengo (terminar em segundo).

O novo regulamento prevê que as semifinais e finais dos turnos serão disputadas em jogo único. O Cariocão será dividido em duas fases. Em 2020 terá a mudança. Na Taça Guanabara, as equipes enfrentam os adversários do grupo oposto. Já na Taça Rio, segundo turno, os times duelam contra os rivais da própria chave.

Já as quatro agremiações que restarem na Seletiva se encaram no Grupo X, onde três irão para o Grupo Z e a última classificada nessa etapa será rebaixada para a Série B1.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here