Com baixa, elenco segue nos trabalhos focando na estreia da Seletiva do Cariocão no dia 21 de dezembro diante do América - Divulgação/ Vanderley Corrêa

Jogadores já estão realizando os trabalhos físicos. Estreia na Seletiva será no dia 21 ou 22 de dezembro contra o América-RJ

O Macaé Esporte deu início à pré-temporada do Campeonato Carioca 2020 visando a sua estreia na Seletiva em dezembro. Na tarde de ontem (12), o clube apresentou o elenco e a comissão técnica e já realizou algumas atividades no Moacyrzão.

O técnico Mário Júnior, primeiro nome a ser divulgado pelo Leão nessa temporada, comentou que as expectativas são as melhores e falou sobre a responsabilidade de comandar uma equipe como o Macaé.

“Estou muito animado. A oportunidade de trabalhar em uma equipe com o peso da camisa do Macaé, nós temos que estar com os ânimos 100% de esperança e positividade para que possamos passar dessa fase Seletiva para a principal. Isso a gente só vai fazer com união, cada um fazendo as suas funções. Vamos buscar sempre tomar as decisões corretas para que possamos conquistar os resultados desejados”, projetou.

Faltando um pouco mais de um mês para a estreia na fase preliminar do estadual, o treinador disse que os trabalhos já começaram. “A primeira semana vai começar trabalhando mais a parte física, com o nosso preparador. No final de semana, já vamos introduzir alguma coisa de bola, formatação de equipe e metodologia de jogo para que possamos acelerar esse processo de conjunto da equipe visando já o jogo de estreia do América”, explicou.

O comandante comentou também sobre o carinho que a torcida tem pelo clube. “O Macaé criou uma história dentro do futebol carioca e brasileiro. Isso acaba aumentando o número de torcedores. A gente espera que eles possam comparecer nos jogos em casa para nos apoiar”, convocou.

Durante a apresentação, um dos nomes anunciados foi o lateral direito Luiz Eduardo, o Dudu. O ex-Gonçalense diz que a ansiedade para defender o Alvianil Praiano é grande, assim como a pressão de conseguir classificar o time para a próxima etapa.

“Estou empolgado. É grande a expectativa de fazer o melhor trabalho possível aqui. Primeira vez que tenho a oportunidade de jogar pelo Macaé, já joguei contra duas vezes, na Série C e na Copa Rio, pelo Madureira, sei que é clube grande”, relembrou.

Para que o objetivo seja alcançado, Dudu diz que não há grande receita. “Primeiro é sabedoria, aproveitar os jogos em casa, fazer o nosso dever de casa e conquistar qualquer pontuação fora. Essa Seletiva é complicada, os jogos são duros. 1 a 0 é considerado goleada. Temos que treinar forte, se empenhar para que no campo apareça o trabalho”, projetou.

Um dos primeiros nomes a ser anunciado pelo clube, o zagueiro Vladmir é o mais experiente do elenco do Leão nessa temporada. Apesar de estar de férias, ele garante que durante o recesso aproveitou para manter a rotina de treinos para retornar pronto para o próximo desafio.

“Me apresento bem. Tive duas semanas de férias, mas eu nunca paro porque eu necessito do meu corpo para estar jogando futebol. Eu vim mantendo, três vezes por semana, para poder chegar aqui bem e ficar na frente o máximo possível com os colegas de elenco”, conta ele ressaltando que o sucesso do clube é a soma de cada um dentro de campo. “Com a minha idade e o tempo que já venho como profissional eu tento passar o máximo de experiência possível para todos os mais novos. Mas isso é sempre uma troca. Não só eu, como eles também têm coisas boas para passar para gente”, finalizou.

A estreia na Seletiva será contra o América-RJ, fora de casa, nos dias 21 ou 22 de dezembro.

Como será a Seletiva

Nessa fase, duas das seis equipes brigam para garantir a vaga na elite do futebol carioca. Se o Macaé se classificar, ele encara o Madureira (caso fique em primeiro na Seletiva) ou o Flamengo (terminar em segundo).

O novo regulamento prevê que as semifinais e finais dos turnos serão disputadas em jogo único. O Cariocão será dividido em duas fases. Em 2020 terá a mudança. Na Taça Guanabara, as equipes enfrentam os adversários do grupo oposto. Já na Taça Rio, segundo turno, os times duelam contra os rivais da própria chave.

Já as quatro agremiações que restarem na Seletiva se encaram no Grupo X, onde três irão para o Grupo Z e a última classificada nessa etapa será rebaixada para a Série B1.

Elenco:
Yan, Pedro Lima, Wagner Carioca, Hudson, Maranhão, Bambú, Guilherme, Dudu, Julinho, Lucão, Júnior Santos, Luquinhas, Cristiano, Vladimir e Gedeil.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here