Participantes da reunião entre rede hoteleira associada e Macaé CVB

O Macaé Convention & Visitors Bureau realizou na última quinta-feira (26), reunião com a rede hoteleira associada, além de debater os desafios do setor e da cidade, foi discutido a implantação da cobrança do room tax, que é uma contribuição facultativa paga pelo hóspede, onde o valor é revertido para promoção do destino turístico, através de publicidade e feiras de turismo.

De acordo com Guilherme Braga de Abreu, presidente do Macaé Convention & Visitors Bureau, apesar dos desafios na cobrança da taxa, essa ainda é a única forma de conseguir verba para divulgar Macaé. “Nossa missão é cobrar infraestrutura dos órgãos responsáveis, seja municipal, estadual ou federal e promover a cidade como destino turístico, mas para dar andamento nos trabalhos o room tax é fundamental, mesmo ele sendo facultativo”, disse Guilherme.

No encontro também foram apresentados o curso ‘Hospitalidade à Mesa’, do SEBRAE e o treinamento de cumim, ministrado pela Viva Rio. Foi falado ainda da parceria com o Sindicato de Guia de Turismo (Sindegtur/RJ) no projeto Vivencias do Interior, do Sindicato, onde vai trazer guias de turismo da Capital para conhecer Macaé e vender o Destino no Rio de Janeiro. Haverá também uma ação com os guias locais, para fortalecer a categoria na região.

“Macaé tem potencial tanto para turismo de negócios, quanto de lazer, e precisamos fazer esta indústria girar em prol do desenvolvimento sustentável da cidade”, finalizou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here