Quem quiser levar a equipe do Macaé até a sua escola, basta entrar em contato por e-mail ou telefone - Foto Anderson Brasil Divulgação

Time apresentou uma palestra para crianças falando sobre inclusão através do esporte

Buscando fortalecer o esporte com as crianças e adolescentes na Capital do Petróleo, o Macaé Basquete Sobre Rodas visitou a Escola Municipal Zelita Rocha, no Parque Aeroporto. O encontro aconteceu na última terça-feira (17), em dois turnos.

Nessa visita, a equipe falou com os alunos com idade até 10 anos. As crianças tiveram a oportunidade de participar de uma palestra proposta por João Barcelos, onde ele explicou o projeto do Macaé Basquete Sobre Rodas e apresentou o time.

Após a apresentação, os jogadores se prepararam para o jogo de demonstração, dividindo em dois times: azul e cinza. No final da partida, as crianças puderam experimentar como é jogar em uma cadeira de rodas. O projeto tende a levar para as escolas como funciona o Macaé Basquete Sobre Rodas e o Basquete na Praça, além de entenderem mais sobre a inclusão ao esporte. Quer levar o Macaé Basquete Sobre Rodas à sua escola? Basta entrar em contato pelo e-mail (comercial@macaebasquete.com.br) ou através do telefone: (22) 2772-1769.

Um dos projetos mais importantes do Macaé Basquete, o Basquete sobre Rodas é a maior prova de que o esporte tem o poder de transformação e inclusão social. Além dele, a Associação Macaé de Basquete (AMB) também conta com duas outras iniciativas: o Basquete na Praça, que oferece aulas gratuitas para crianças e adolescentes em cinco polos da cidade (Parque Aeroporto, Lagomar, Morro de São Jorge, Visconde de Araújo e Frade) e as categorias de base.

Para manter vivos esses três projetos, além do time profissional, a AMB busca apoio e patrocínio. Uma maneira de ajudar é através da Lei de Incentivo ao Esporte. O passo a passo de como ser um colaborador está disponível no: www.macaebasquete.com.br/leidoincentivo. Mais informações também podem ser obtidas nos contatos mencionados na reportagem.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here