Prefeito aponta Macaé como a primeira cidade do estado do Rio de janeiro a chegar no estágio de risco baixo - Divulgação

Academias, bares, restaurantes, shopping e templos religiosos retornarão presencialmente a partir da próxima quinta-feira (13)

Em coletiva de imprensa realizada por videoconferência nesta quinta-feira (06), às 18h, o prefeito de Macaé, Dr. Aluízio, informou que a cidade se encontra na ‘faixa verde’ do covidímetro, o que significa risco baixo, e que novas atividades serão reabertas a partir da próxima quinta-feira (13), sendo essas, academias, bares, restaurantes, shoppings centers e templos religiosos.

Segundo o Chefe do Executivo, nesta sexta-feira (07) haverá a publicação do decreto instituindo essa nova flexibilização, e na próxima semana, de segunda-feira (10) a quarta-feira (12), os funcionários desses segmentos liberados terão que realizar os testes no Centro de Especialidades Médicas Dona Alba, para que, a partir da próxima quinta-feira (13), eles voltem às suas funcionalidades.

“Não é motivo para comemoração ou êxito, mas sim de muita vigilância, já que com essas flexibilizações, mais pessoas estarão circulando. As atividades retornarão, mas junto dessas, a vigilância. A partir de amanhã estaremos convocando os profissionais desses setores liberados para as testagens e, todos esses ambientes só retornam em acordo com essa vigilância sanitária, que visitará todos esses”, ressalta.

O prefeito revelou ainda que o universo educacional não retornará por enquanto e que haverá uma discussão com mais cautela sobre a retomada presencial das unidades de ensino, seja nas redes pública ou privada. “Não há método para o retorno educacional no momento”, afirma.

De acordo com o prefeito, a coletiva de hoje foi para anunciar a bandeira verde em Macaé, o que representa que a pandemia não está em ascensão. “De forma inusitada, temos 25% de ocupação dos leitos hospitalares, o que ocasionou essa faixa. Macaé talvez seja o primeiro município do estado do Rio de Janeiro a conquistá-la”, pontua.

Dr. Aluízio reforça que embora a cidade talvez seja a primeira a chegar nesse estágio, retornando com novos setores após quase cinco meses entre medidas protetivas e decretos municipais a fim de assegurar o isolamento social com mais rigor em prol da saúde e do bem-estar dos munícipes, todos os populares necessitam manter os cuidados pessoais. “Todo morador precisa usar máscaras, já que com a flexibilização de outros segmentos, mais pessoas estarão pelas ruas. Não podemos dar esse importante passo, e retornar ao estágio anterior.

Dr. Aluízio aproveitou o momento para destacar ainda a importância da barreira sanitária implantada no Parque de Tubos, que liga Rio das Ostras à Macaé, e salientar que a mesma seguirá pelos próximos dias. “Quando Rio das Ostras entrou na bandeira laranja, que não é o caso da nossa cidade, se não houvesse essa barreira a situação aqui não seria essa hoje e todo nosso trabalho se perderia”, disse. E concluiu: “As barreiras seguirão, bem como as medidas por parte da população, como o distanciamento social, o empenho dos profissionais dos setores liberados, ou seja, um conjunto de medidas para que tudo dê certo”.

O prefeito frisou ainda a necessidade de se manter além dos cuidados pessoais e para com o outro, bons pensamentos nesse momento desafiador. “Muita fé, oração, paciência e resiliência daqui para frente. Temos que fazer muito mais. A responsabilidade deve ser do funcionário, mas também de quem entra, os clientes. Termômetros, álcool em gel, espaçamento entre os ambientes serão algumas das medidas adotadas”.

O Chefe do Executivo finalizou o encontro virtual ressaltando que o que o poder público pôde fazer até agora, foi feito, assim como vem fazendo. Mas que nesse momento é fundamental a colaboração de todos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here