Léo defende prioridade no atendimento à pacientes do Coronavírus - Divulgação

Momento grave ocasionado por pandemia do COVID-19 reforça mudança em Calendário Eleitoral

Ao apontar a escalada crescente dos números de infecção e óbitos ocasionados pela pandemia do Coronavírus, tanto em Macaé como no país, o pré-candidato Léo Gomes registrou nesta sexta-feira (15) pedido de adiamento das eleições junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Segundo Léo, a previsão de aumento considerável de novos casos de contágio local da doença afasta, todos os dias, o ambiente seguro necessário para realizar as próximas etapas previstas pelo Calendário Eleitoral: convenções e campanha.

“Sei que tudo depende de uma mudança constitucional, mas vejo como o momento é grave. Como realizar convenções quando mortes avançam?”, questiona Léo.

O pedido foi protocolado de forma digital no sistema do TSE e provoca uma importante reflexão sobre o atual cenário social visto no país.

“Entendo a garantia desse Tribunal acerca da democracia, mas o maior valor democrático não seria o de salvar vidas?”, argumenta.

Desde o início da pandemia, e crescimento dos casos confirmados de COVID-19 em Macaé, Léo Gomes tem defendido o adiamento das eleições, com a garantia de que os recursos destinados a estruturação do processo eleitoral fossem destinadas às estratégias de Saúde para assegurar tratamento adequado a todos os pacientes infectados pela doença no país.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here