O juiz titular da 13ª Vara da Justiça Federal de Curitiba, Luiz Antônio Bonat, enviou à Justiça Federal do DF os autos dos quatro processos que corriam contra o ex-presidente Lula.

Em decisão, Bonnat manteve a indisponibilidade dos bens do petista. O juiz entendeu que a cautelar que determinou a indisponibilidade dos bens de Lula tramita em ação separada dos quatro processos anulados pelo ministro Edson Fachin.

Na semana passada, Fachin decidiu que a 13ª Vara de Curitiba não era competente para julgar os processos do ex-presidente e determinou a anulação de todos os atos decisórios dos juízes de Curitiba, inclusive a aceitação das denúncias.

Bonat defendeu ainda que a liberação dos bens do ex-presidente condenado na Lava Jato por corrupção e lavajem de dinheiro, mas que teve suas condenações anuladas pelo STF, cabe ao ministro Fachin, se assim ele o entender.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here