De acordo com Dr. Aluízio, objetivo é garantir aos pacientes acesso a sessões de quimioterapia em Macaé

Sessões de quimioterapia serão realizadas em Macaé, através da excelência da UNACOM

Ao enfrentar a resistência do bloco de oposição e conquistar o apoio de profissionais da área da Saúde, o governo rompe barreiras ao garantir aprovação, do regime de urgência, na tramitação do projeto de lei assinado pelo prefeito Dr. Aluízio que institui em Macaé o programa “Oncologia para Todos”.

Em meio a uma votação apertada, o projeto deve ser discutido e votado pela Casa dentro dos próximos 20 dias, o que gera expectativa para os cerca de 75 pacientes que, por dia, deixam Macaé para cumprir uma exaustiva rotina de tratamentos de quimioterapia, em hospitais sediados em Campos dos Goytacazes, Cabo Frio e Rio de Janeiro, municípios contratualizados junto ao Sistema Único de Saúde (SUS) para oferecer assistência oncológica no Estado.

Com os votos contrários de sete vereadores que criam resistência à agilidade na tramitação da matéria, e salvo pelo posicionamento favorável de oito parlamentares, o “Oncologia para Todos” estabelece em Macaé um polo da Unidade de Assistência de Alta Complexidade em Oncologia (UNACOM), instituto de excelência na assistência oncológica no Estado.

Com permissão concedida pela Portaria 140/2014 do Ministério da Saúde, que estabelece novos parâmetros na organização da assistência especializada em oncologia, a prefeitura busca a excelência da UNACOM, para oferecer aos pacientes com câncer da cidade, a oportunidade de ter acesso a um tratamento contínuo e de qualidade, com o apoio total de outras especialidades médicas e serviços prestados pela rede municipal de referência, como o Hospital Público Municipal.

Com a experiência que rege os tratamentos realizados em hospitais contratualizados de Campos, a UNACOM implantará na cidade todo o sistema adequado para a realização das sessões de quimioterapia, como equipe médica e administrativa, além de garantir toda a medicação necessária para o tratamento dos pacientes. O custeio desta operação já é garantido pelas verbas destinadas pelo SUS, através da contratualização.

“A proposta é ampliar a quimioterapia em Macaé, atendendo os pacientes que vivem uma rotina de viagens para ter acesso ao tratamento. O convênio é simples, a UNACOM traz a expertise e toda a estrutura necessária, e nós garantimos o espaço e o suporte necessário para oferecer assistência humanizada para as pessoas que enfrentam o câncer”, explica o prefeito Dr. Aluízio.

Ao enfrentar diariamente quilômetros de estradas, incômodos provocados pela medicação e o desconforto, a esperança de alcançar um diagnóstico de remissão completa da doença ou até mesmo a cura, se fortalece entre os 75 pacientes de Macaé, tratados em outras cidades da região, que hoje apostam nesta iniciativa da prefeitura, uma força a mais na luta contra a doença.

1 COMENTÁRIO

  1. Gente!
    Esse Prefeito está louco, eu sempre apoiei ele, mesmo muitos não apoiando, mas hoje vejo que existe uma briga de ego.
    Pra quem não sabe, existe em Macaé no Hospital São João Batista de Macaé atendimento oncológico onde acompanho diversos pacientes, onde eu TB já fui consultada.
    Agora eu pergunto! Por que o Prefeito está querendo mexer com o que já existe e muito bem organizado e controlado?
    Por favor, nos ajudem a mudar essa história.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here