Fórum de desenvolvimento regional realizado nesta sexta-feira (26) pelo Repensar - Divulgação

A ampliação do atendimento da inspetoria regional da Fazenda, com o aumento do quadro de servidores, foi garantida hoje (26) pelo governo do Estado ao município, em atendimento a solicitação apresentada pelo Repensar Macaé.

Ao participar do fórum de desenvolvimento regional realizado nesta sexta-feira (26) pelo Repensar, o secretário estadual de Fazenda, Guilherme Mercê, anunciou que mais dois auditores e um analista fiscal serão direcionados a inspetoria de Macaé, com objetivo de atender a demanda do setor empresarial local.
“Macaé é o centro pujante da economia do Estado e realmente apresenta uma demanda expressiva para este serviço. A cidade também possui uma perspectiva positiva de retomada do mercado de óleo e gás, por isso precisamos somar forças para atender a essa atividade e toda a base da economia local”, destacou o secretário.
Para Adail Costa Júnior, presidente da Associação Macaense dos Contabilistas (Amacon), a resposta do Estado representa o reconhecimento do setor empresarial local, para a recuperação do Rio.

“A inspetoria representa uma parte importância do processo de tributação. As empresas precisam deste suporte para atender as exigências legais, cumprir com suas responsabilidades e também obter os incentivos necessários para superar o cenário atual, recuperar fôlego e voltar a gerar empregos”, destacou Adail.

Realizado no Hotel Royal Atlântico, o fórum também contou com a participação do secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Leonardo Soares, que destacou o início do processo de industrialização da cidade.
“Esse é o momento de ouro para a industrialização de Macaé. O caminho para assegurar o equilíbrio econômico do nosso Estado é esse: fortalecer as cidades do interior”, disse o secretário.

O fórum do Repensar também contou com a participação do prefeito de Macaé, Welberth Rezende e dos secretários municipais de Desenvolvimento Econômico, Rodrigo Vianna, Trabalho e Renda, Cristiano Gelinho Almeida, e de Políticas Energéticas, Júnior Luna.
“A iniciativa das instituições empresariais é fundamental para auxiliar o governo a tomar as decisões certas e assegurar um novo caminho de desenvolvimento, que garanta o equilíbrio das contas públicas e promova a geração de empregos para a nossa população”, defendeu Welberth.

O deputado Chico Machado (PSD) ressaltou a importância da união de forças entre o poder público e a iniciativa privada em traçar propostas que possam alavancar as atividades econômicas da cidade.
“Vivemos uma nova fase política, em que o ódio foi substituído pelo respeito e pela esperança. Cada um de nós possui a mesma vontade de contribuir com o crescimento desta cidade. E juntos conseguiremos devolver a Macaé os empregos e a alegria”, disse Chico.

O evento também contou com a participação dos vereadores Rond Macaé e Edson Chiquini, que preside a Comissão Permanente de Indústria e Comércio da Câmara Municipal.
O diretor do Grupo Vale Azul, Fabiano Crespo, também destacou a importância da iniciativa da classe empresarial, que permite Macaé a atrair mais investimentos.

O Repensar

O Repensar Macaé é composto pela ACIM, Comissão Municipal da Firjan, Rede Petro-Bacia de Campos, Conventions and Visitors Bureau (CVB) de Macaé, SPE (Society of Petroleum Engineers), Sebrae, Associação Macaense de Contabilistas (AMACON), Associação Brasileira das Empresas de Serviços do Petróleo (Abespetro) e Internacional Association of Drillings Contractors (IADC).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here