Gasolina mais cara nas bombas

ANP aponta aumento nos preços da gasolina em postos de combustíveis após grande período de baixa

De acordo com um levantamento apontado pela Agência Nacional do Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANP), os preços da gasolina nos postos voltaram a subir para o cliente final, registrando um aumento depois de um período de 17 semanas de queda.

Segundo o estudo realizado pela ANP, a gasolina apresentou 0,8% de aumento no período entre 24 e 30 de maio, em comparação com a semana anterior. Já o diesel S10 manteve histórico de baixa, demonstrando um redução de 0,2%.

O incremento no valor do combustível acontece em meio a uma recuperação do preço do petróleo no mercado global, que apresentava uma cotação de US$ 25 o barril no fim de abril e nos dias atuais está aproximadamente a US$ 38.

Essa alta mais recente no barril do petróleo levou, nos últimos dias, a Petrobras a reajustar seus preços nas refinarias. O ajuste foi o segundo aumento em uma semana desde o início da pandemia do novo coronavírus.

Segundo a ANP, no início do mês de maio o litro da gasolina era vendido em média a R$ 3,823 no Brasil.

A ANP é o órgão federal responsável pela regulação das indústrias de petróleo e gás natural e de biocombustíveis no Brasil. Vinculada ao Ministério de Minas e Energia, é uma autarquia federal especial que executa a política nacional para o setor, com foco na garantia do abastecimento de combustíveis e na defesa dos interesses dos consumidores.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here