Aulas on-line começam em 3 de fevereiro. Uso de laboratórios fica para o segundo semestre do ano que vem

Atenta em oferecer temas atuais que ampliem as oportunidades no mercado de trabalho para alunos de qualquer idade, a Firjan SENAI Macaé passa a oferecer, em 2021, um novo curso, desta vez na área de Desenvolvimento de Sistemas. As aulas serão realizadas a distância e o uso de laboratórios e oficinas será feito no segundo semestre de 2021. As inscrições já estão abertas e terminam em 03/02, data de início das aulas on-line.

No curso Técnico em Desenvolvimento de Sistemas, o aluno vai aprender a desenvolver, programar e integrar sistemas computacionais aplicados a controle de processos de Manufatura Industrial, atendendo normas e padrões de qualidade, usabilidade, integridade e segurança da informação. A necessidade de profissionais de desenvolvimento de sistemas industriais se faz presente em vários setores da indústria para atender à crescente demanda pela integração de sistemas produtivos. É uma área com oportunidades em quase todos os setores da indústria e serviços, por sua transversalidade. Quem faz um curso técnico, além de ter chance de empregabilidade, fica também mais preparado para o Ensino Superior. O diploma da Firjan SENAI na área tem reconhecimento destacado e permite habilitação técnica junto ao Conselho Regional dos Técnicos Industriais.

A capacitação na Firjan SENAI atua para uma formação ampla, objetivando aumentar as possibilidades de inserção no mundo do trabalho e preparando o profissional para assumir novos desafios impostos por um mundo em constante transformação. “Preparamos o aluno para ir além do saber fazer. Em nossos cursos, o aluno entende o que está fazendo e é capaz de agir de maneira técnica e tática na gestão dos processos do seu dia a dia profissional”, ressalta Edson Melo, gerente de Educação Profissional da Firjan SENAI.

São, ao todo 40 vagas, com carga horária de 1.000 horas, o que representa de um ano a um ano e meio de estudos. Ao longo do ano letivo, as 20 horas semanais exigidas em cada curso serão divididas em 10 horas para o autoestudo, quando o aluno se dedica ao estudo individual na plataforma; seis horas (três vezes por semana) para aulas on-line com instrutor e com a turma; e quatro horas (dois dias por semana) voltadas para tutoria, quando o instrutor tira dúvidas com cada aluno.

Aulas presenciais

O uso de laboratórios e oficinas ficará para o segundo semestre de 2021, quando está previsto o início das aulas presenciais, e espera-se que a pandemia tenha sido vencida. “São momentos em que o aluno estará na Unidade em que se matriculou para o curso, usando os laboratórios e oficinas para praticar aquilo que aprendeu durante o estudo on-line. Ele vai vivenciar os conhecimentos e praticar em ambientes industriais bem próximos aos que ele encontrará no mercado de trabalho”, acrescenta.

As matrículas de todos os cursos EaD serão realizadas on-line. O aluno acessa o site dos cursos técnicos, escolhe o título, a escola, se cadastra e faz a inscrição; depois anexa documentos e demais processos necessários para a matrícula de forma virtual. Inscrições e cursos: https://www.firjansenai.com.br/cursorio/portal/index.php

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here