Texto final representa um marco ímpar para o mercado de gás no Brasil

Aprovado hoje (17/03) em caráter conclusivo na Câmara dos Deputados, o Projeto de Lei (PL) 4476/2020 é o novo marco legal do gás natural. Agora, ele segue para a sanção presidencial, que deve acontecer de forma célere permitindo ampliar a execução de empreendimentos de grande relevância para o país. Com as melhorias regulatórias na nova legislação, o volume de investimentos deve aumentar nas atividades do mercado de gás até o consumo final em plantas industriais.

O estudo da Firjan “Rio a Todo Gás” destaca o potencial de expansão de demanda no estado fluminense, que deve se concretizar com o novo ambiente de negócios. Além de projetos de geração de energia elétrica, o consumo de gás pode aumentar em até 13 milhões m³/dia com a retomada da atividade industrial, implantação de projetos de GNV para veículos pesados e perspectivas de novas plantas industriais. O documento aponta ainda um montante de investimentos de mais de R$ 80 bilhões no Brasil.

A Federação das Indústrias do Rio de Janeiro avalia que os projetos já em andamento e aqueles com interesse já mapeados devem contribuir com uma recuperação mais perene da economia, expandindo benefícios para diversos setores direta ou indiretamente ligados ao mercado de gás natural e transformando a indústria fluminense.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here