Ausência de mesários na Eleição Municipal em Macaé comprometeu o trabalho dos voluntários que atenderam a convocação - Reprodução/TV Record

Dezenas de pessoas não atenderam ao chamado das duas Zonas Eleitorais da cidade e terão de pagar multa para regularizar a situação

A falta de mesários marcou o dia da votação para Eleição Municipal em Macaé. O número de colaboradores faltosos em duas Zonas Eleitorais chegou a quase 60. Na 254ª Zona Eleitoral, ausência de quase 20 voluntários causou transtorno no começo da manhã, no Ciep 393, no bairro Aroeira.

Algumas mesas chegaram a funcionar com duas pessoas apenas. O problema foi resolvido com a convocação de suplentes, que já estavam no local. Em algumas seções não tinham secretário e segundo mesário, que só foram repostos no início da tarde da eleição. Por conta do problema, a média do tempo de votação variou de dois a três minutos e filas quilométricas.

Devido a falta de voluntário para atuar na eleição, comprometeu também o andamento da assinatura no caderno de votação e entrega de comprovante de votação para o eleitor errado. Algumas pessoas que chegaram à seção para votar puderam perceber que um outro eleitor havia assinado no caderno e o comprovante teria sido entregue.

Em outras seções eleitorais da 254ª Zona Eleitoral, era possível ver cadeiras de mesários vazias, apenas com dois voluntários para fazer a votação fluir normalmente.
Já na 109ª Zona Eleitoral, que também abrange outros bairros, foram em torno de 35 mesários faltosos.

O clima era de tranquilidade pela manhã de votação em Macaé, porém após às 10h, as escolas eleitorais ficaram lotadas de eleitores. O Ciep 393 Aroeira, por exemplo, possui mais de 4 mil eleitores e a movimentação ficou maior das 10h até às 15h.
Na decisão, o juiz eleitoral afirma que a ausência de um mesário sempre traz transtornos aos demais componentes da junta, aos eleitores e ao processo eleitoral em si, sendo necessário, na maioria das vezes, o remanejamento das funções entre os membros presentes.

Eleitores convocados a atuarem como mesários que não compareceram ao pleito e sequer justificaram ausência no prazo estabelecido pela legislação poderão ser condenados ao pagamento de multa e que a multa pode variar entre R$ 35 a R$ 100.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here