A peça infantil ‘Tata – O travesseiro’ entra em cartaz, celebrando o Mês das Crianças

A tarde de sexta-feira (11) próxima promete ser das mais divertidas para a criançada. É o Teatro Sesi Macaé que apresenta a peça infantil ‘Tata – O travesseiro’, celebrando o Mês das Crianças. O espetáculo acontecerá a partir das 16h. Os ingressos custam o valor de R$ 12 (inteira), e a classificação é livre (recomendado para crianças a partir de três anos).
Neste sentido, o Teatro Sesi Macaé vem comandando a boa programação para todos os gostos e idade, tanto adulto quanto infantil, oferecendo espetáculos de primeira linha.
Os ingressos estão à venda somente no atendimento da Firjan SESI Macaé. O Teatro do Sesi Macaé fica na Alameda Etelvino Gomes, 155 (Bairro Riviera Fluminense).

Detalhes do espetáculo

A premiada Artesanal Cia. de Teatro apresenta o seu mais novo trabalho para o público infanto-juvenil ‘Tatá – O Travesseiro’. Como em todo o repertório da Artesanal, a direção e assinada por Gustavo Bicalho e Henrique Goncalves. O texto e dramaturgia são de Andrea Batitucci, Gustavo Bicalho e Patricia Von Studnitz.

A estreia nacional do espetáculo marca a imersão da equipe dentro da linguagem do teatro de animação, usando apenas bonecos, máscara e teatro de sombras – uma novidade na trajetória do grupo, que normalmente dedica-se em uma pesquisa de convergência de linguagens. O texto é quase que totalmente narrado em off, com pouquíssimos diálogos. “Logicamente, estas são escolhas estéticas, que guiaram todo o pensamento e construção artística da peça. Também buscamos a simplicidade, reduzindo ao mínimo necessário os elementos de cena. Dessa forma, conseguimos colocar uma lente de aumento nas relações entre pais e filho, sem usar de efeitos que visam muito mais ludibriar a audiência do que jogar uma luz sobre a urdidura dramática da trama”, explica o diretor Henrique Goncalves.

O cenário principal é a cama do menino Lipe, onde a maioria das aventuras acontece. A história é narrada através do jogo entre bonecos de manipulação direta, bonecos híbridos ou siameses – técnica em que parte do boneco é “vestida” pelo ator/manipulador -, máscaras, objetos e teatro de sombras. A iluminação, associada a uma trilha sonora meticulosamente escolhida, complementam a encenação, fazendo de Tatá – O Travesseiro, uma proposta cênica lúdica e contemporânea, ideal para crianças a partir dos três anos de idade.

‘Tata – O travesseiro’

A narrativa gira em torno de Lipe, um menino tímido e introspectivo, que tem como melhor amigo seu travesseiro, Tata. Eles formam uma dupla inseparável, sempre pronta para viver diversas aventuras nos sonhos mais empolgantes e divertidos. Porém, um dia, Tatá desaparece e Lipe acredita que ele foi sequestrado pelo Pirata dos Sonhos – um vilão clássico, que não consegue sonhar e rouba o travesseiro das criancas, já que acredita que e nos travesseiros que os sonhos residem.

Tatá empreende uma jornada de resgate ao melhor amigo, tendo que vencer seus medos e angústias, aos quais apenas a sua imaginação será capaz de resolver. “Apesar do universo lúdico no qual a história é inserida, o texto lida com questões muito profundas, que, certamente, irão despertar no público uma identificação com o personagem principal”, diz o diretor e um dos autores do texto Gustavo Bicalho. No palco, os atores Livia Guedes, Marcio Nascimento, Marise Nogueira e Tatá Oliveira dão vida aos bonecos criados e confeccionados por Bruno Dante.

Artesanal Cia. de Teatro

Investindo em uma linguagem inovadora e contemporânea, a Artesanal Cia. de Teatro vem acumulando desde sua fundação, em 1995, diversas indicações, premiações e o reconhecimento pela imprensa, público e crítica especializada. O foco do trabalho da Cia. encontra-se na pesquisa de uma linguagem narrativa, que se fundamenta na convergência de diversas técnicas narrativas, como o teatro de animação (bonecos, sombras e mascaras), canto, cinema e videografismo, explorando a relação do ator – que e o principal elemento da encenação – com esses elementos.

A Artesanal vem também investindo em pesquisa para o teatro jovem-adulto, fundamentando-se em um intenso estudo da dramaturgia e das encenações que são realizadas no resto do mundo para esta faixa etária, preenchendo uma lacuna existente de trabalhos desenvolvidos com profundidade e seriedade para esta parcela do público. Seu maior diferencial está, no entanto, em exibir um trabalho autoral, com extremo rigor estético, textos inteligentes e produções cuidadosas e bem elaboradas, que agradam ao público familiar de todas as faixas etárias.

Com 24 anos de atividade no cenário da produção teatral carioca, a Artesanal Cia. de Teatro e tanto uma referencia nacional como internacional, com passagens em diversos festivais de teatro pelo Brasil, China e uma residencia artistica na Alemanha. Foi indicado ao Prêmio Aplauso Brasil – Melhor Espetáculo Infanto-Juvenil – 2019.

Ficha Técnica

Texto e dramaturgia: Andrea Batitucci, Gustavo Bicalho e Patricia Von Studnitz
Direção: Gustavo Bicalho e Henrique Goncalves
Elenco: Alexandre Scaldini, Livia Guedes, Marcio Nascimento, Marise Nogueira e Tata Oliveira
Narração: Cleiton Rasga
Concepção, criação e confecção de bonecos, sombras e adereços: Bruno Dante
Direção de movimento dos bonecos e preparação técnica: Marcio Nascimento
Direção de movimento dos atores e preparação corporal: Paulo Mazzoni
Preparação técnica máscara teatral e manipulação de objetos: Marise Nogueira
Preparação vocal: Verônica Machado
Trilha musical: Gustavo Bicalho
Desenho de som: Luciano Siqueira
Figurinos: Fernanda Sabino e Henrique Goncalves
Figurinos bonecos: Bruno Dante
Iluminação: Poliana Pinheiro e Rodrigo Belay
Cenário e adereços: Karlla de Luca
Fotos: Joao Julio Mello e Lincoln Grosso
Projeto gráfico: Bruno Dante
Assessoria de imprensa: Alexandre Aquino
Direção de produção: Henrique Goncalves
Idealização e Realização: Artesanal Cia. de Teatro

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here