Diversas oportunidades de empregos estão sendo oferecidas para pessoas com deficiência em Macaé

Empresas que têm de 100 a 200 funcionários devem reservar, obrigatoriamente, 2% de suas vagas para pessoas com deficiência

Diversas oportunidades de empregos estão sendo oferecidas para pessoas com deficiência (PCDs) em Macaé. Para preencher essas vagas, a Secretaria Adjunta de Trabalho e Renda solicita que esse profissional realize o cadastro no site da Prefeitura de Macaé. Na aba empregos, o candidato deverá preencher os campos obrigatórios e detalhar o tipo de deficiência, de acordo com o descrito no laudo médico PCD, documento que comprova formalmente a deficiência do trabalhador.

De acordo com o secretário Adjunto de Trabalho e Renda, Igor Romão de Azevedo, uma série de projetos para inserir a pessoa com deficiência no mercado de trabalho será implantada no município. Segundo ele, encontros estão sendo realizados, tanto com as empresas, para saber as reais necessidades de demanda, e, também, com o Ministério Público do Trabalho e Ministério da Economia, com o intuito de realizar o “Dia D de inclusão de PCDs”, em Macaé.

“Diversas empresas buscam preencher as vagas de PCDs, porém, segundo elas, a dificuldade em encontrar pessoas com deficiência qualificadas é grande. É sempre bom lembrar que os postos de trabalho devem ser adaptados às pessoas, com e sem deficiência, e não as pessoas devem se adaptar aos postos de trabalho”, ressalta o secretário.

Igor Romão enfatizou, também, que de acordo com as demandas das empresas, a Secretaria Adjunta de Qualificação Profissional, Cetep, vai realizar a criação de cursos específicos para atender as demandas. Entre os alunos estarão pessoas com deficiência ou não.

Segundo a legislação, todas as empresas privadas com mais de 100 funcionários devem preencher entre 2 e 5% de suas vagas com trabalhadores que tenham algum tipo de deficiência. As empresas que têm de 100 a 200 funcionários devem reservar, obrigatoriamente, 2% de suas vagas para pessoas com deficiência; entre 201 e 500 funcionários, 3%; entre 501 e 1000 funcionários, 4%; empresas com mais de 1001 funcionários, 5% das suas vagas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here