A interrupção temporária das aulas nas escolas das redes pública e privada, em função da pandemia do Covid-19, gerou a necessidade de adequações nas atividades escolares e lúdicas. Para isso, a Prefeitura de Macaé, por meio da Secretaria de Educação, lançou o projeto ‘Leituras em família’ com o objetivo de auxiliar as famílias a lidarem com a nova realidade de suspensão das aulas.

Para ter acesso às atividades, basta acessar o blog  www.educacaonaopara.com, pela página principal do site macae.rj.gov.br. A rede municipal conta com 106 escolas, que atendem cerca de 40 mil alunos.O “Leituras em família’ abrange dicas para os turnos da manhã com atividades como higiene pessoal/café, ajuda nas tarefas domésticas, leitura e atividade escolar, e período da tarde com sugestões de atividades e brincadeiras, filmes, atividades físicas, atividades livres, leitura ou música. Segundo o secretário de Educação, Guto Garcia, a recomendação para pais ou responsáveis, é reorganizar a agenda dos alunos durante este período de distanciamento social com acompanhamento da rotina de cada criança e adolescente.

“O ideal é  que o aluno não fique mais de 60 minutos realizando a mesma atividade. Outro cuidado é observar os alunos, pois há uma tendência deles quererem permanecer muito tempo em jogos eletrônicos ou redes  sociais”, observou.Algumas atividades também podem ser encontradas no aplicativo https://app.vc/educacaonaopara, que disponibiliza conteúdos da Educação Infantil. A ferramenta foi concebida a partir da expertise da equipe do projeto Inova Macaé – Laboratório de Inovação em Gestão Pública, vinculado à Secretaria Municipal Adjunta de Planejamento. Guto Garcia pontuou que a Secretaria de Educação  está indicando ferramentas que visam o desenvolvimento do processo ensino-aprendizagem e aproximação da família.

“Precisaremos do apoio dos pais e responsáveis, além dos professores que devem continuar sugerindo atividades no email educacaonaopara@gmail.com. Além disso,  o ideal é fazer um esforço a mais nesse período e não deixar de fazer uso de sabão ou álcool em gel e  manter a limpeza da casa em dia, assim como a higienização dos brinquedos das crianças”, explicou.Blog – O blog www.educacaonaoparacom disponibiliza gratuitamente atividades específicas Educação Infantil. Ensino Fundamental (1º ao 9º ano), Educação de Jovens e Adultos (Eja), Educação Inclusiva, Ensino Médio e Pré- Vestibular Social.

Algumas das atividades destacam explicações de forma didática e lúdica sobre a prevenção quanto ao Covid-19.Para garotada, na faixa de dois a cinco anos, são indicados recursos que envolvem arte e natureza, com música, contação de histórias, jogos interativos, exibição de vídeos, “cinema em casa”, além de desenvolvimento de experiências científicas e produção familiar de receitas na cozinha, desde as seleção do prato até o preparo, de preferência, de alimentação saudável, garantindo a segurança das crianças no uso de utensílios, forno e fogão e ajudando no desenvolvimento de noções de higiene e responsabilidade.

A rede municipal conta com  aproximadamente 15 mil alunos em 62 escolas de Educação Infantil.Para as famílias dos pequenos, que não têm acesso à internet, também são sugeridas atividades com materiais não  estruturados, que são objetos acessíveis em casa  que podem ser colocados à disposição da criança para que  inventem a sua própria brincadeira, como palitos, botões, rolos de papel higiênico, rolha, barbante, caixas, tecidos, pneus e elementos da natureza, como folhas.

Já quem for acessar o blog encontrará a aba “Vivências”, que abrange brincadeiras consideradas uma ação natural da criança, que pode influenciar o desenvolvimento infantil e as habilidades socioemocionais. Um das atividades exibidas é” Cinco dias de diversão”, um cronograma semanal com dicas de atividades que, segundo a superintendente de Educação Infantil, Mariana Duarte, devem ser leves e sem regras com dinâmicas, interação e momentos de alegria.Mariana Duarte lembra que este período em que as crianças estão em casa deve ser marcado por diálogos, paz e atividades alegres, garantindo, principalmente, as brincadeiras. “A  Educação Infantil  é a primeira etapa da Educação Básica. É de extrema importância a aproximação das crianças com práticas de leitura e escrita em contextos significativos e prazerosos.

A rede pública municipal segue a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), que prevê o currículo organizado por campos de experiências, assegurando às crianças os direitos de conviver, brincar, participar, explicar, expressar-se e conhecer-se”, pontuou.

No blog, também são oferecidas atividades para os alunos do 1º ao 5º ano como questões de Linguagem, Matemática, Ciências Humanas e Ciências da Natureza. Já para alunos do segundo segmento do Ensino Fundamental (6º ao 9º ano), estão sendo exibidas atividades pedagógicas com vídeos, jogos e animação. A aba do Ensino Médio destaca exercícios de disciplinas como Física, Química, Matemática, Língua Portuguesa, Oficina de Redação e Interpretação de texto.Os alunos das etapas I a IX da Educação de Jovens e Adultos (Eja) e Educação Inclusiva também contam com questões específicas. Já quem está no Pré- Vestibular Social conta com conteúdos de Redação, Literatura, Inglês, História, Física, Biologia, Língua Portuguesa, Matemática I e II, além das provas anteriores do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e da  Faculdade Professor Miguel Ângelo da Silva Santos (FeMASS ).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here