Detran se pronunciará no início do ano que vem, após nova medida do novo governador que será empossado em janeiro de 2019

Caso será definido a partir do mês de janeiro de 2019, quando o governador eleito Wilson Witzel será empossado

 

Ainda está indefinido o fim da vistoria de automóveis para o próximo ano, que segundo o Departamento de Trânsito (Detran), o assunto será discutido no início do ano que vem, quando o governador eleito do Estado do Rio, Wilson Witzel, tomará a posse e discutirá com a cúpula sobre o impasse que envolve o fim da vistoria.

Durante essa semana, várias notícias foram veiculadas nas redes sociais anunciando o fim da vistoria, porém a assessoria de comunicação do Detran não confirmou a notícia.

Em agosto deste ano, a Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) aprovou o projeto de lei 3.010/17, determinando que veículos com o sistema de Gás Natural Veicular (GNV) fiquem dispensados da vistoria anual simplificada feita pelo Detran. A proposta seguirá, agora, para a sanção ou veto do governador Luiz Fernando Pezão, que terá até o fim deste ano para decidir.

Para serem beneficiados pela nova norma, os motoristas terão de seguir cumprindo a vistoria realizada pelo Inmetro, obrigatória no caso dos veículos com o chamado “kit gás” instalado.

O fim da dupla vistoria é uma reivindicação dos proprietários de carros a GNV. Com a lei sancionada pelo governador, o Detran passa obrigatoriamente a verificar a documentação exigente e recolher as taxas devidas.

Quanto aos outros tipos de automóveis, o Detran informou que uma nova medida será anunciada somente no ano que vem, após o pronunciamento do governador eleito.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here