Dr. Aluízio e Welberth a continuidade de um governo que venceu as eleições

Resultado das eleições em Macaé recria revanche, através de personagens diferentes

Passada a euforia das urnas, uma análise bastante viva e detalhada sobre o futuro político e administrativo da cidade reserva ao prefeito eleito Welberth Rezende (Cidadania), uma pequena vantagem sobre os antecessores a frente da gestão municipal: ele não precisará nem de tempo e de desgaste para trabalhar na transição.

Primeiro nos últimos anos a não representar uma ruptura tão contundente no modelo de governo, semelhante as eras Carlos Emir X Silvio Lopes ou Riverton Mussi X Dr. Aluízio, Welberth terá mais tempo para acomodar aliados, e pensar na discussão sobre a presidência da Câmara de Vereadores, berço da sua trajetória política na cidade.

Em se tratando de gestão, Welberth não terá dificuldades em assumir o governo no dia 1° de janeiro de 2021, e muito menos, de cumprir partes importantes do seu Plano de Governo, pautado nas principais realizações obtidas por Dr. Aluízio de forma mais recente.
Apesar de se comprometer em quebrar o monopólio do transporte público, solucionar os problemas de alagamentos e garantir à população o acesso a água tratada e encanada, Welberth mantém a singularidade de ouvir bastante e buscar conciliação, embora deixe bem claro quem pretende estar próximo, e quem permanecerá distante, do seu mandato que já ganha o slogan do “Governo 24 horas”.

Em entrevista ao Programa Zezé Abreu, na Rádio 101 FM, Welberth não escondeu a veia de político popular, atento as questões mais simples e cotidianas do município, com uma proposta mais acessível rompendo as inquebráveis barreiras construídas ao longo dos últimos oito anos da administração atual da cidade.

Talvez seja essa a grande diferença entre ele e o seu principal articulador nesta eleição: o próprio prefeito. E graças também aos esforços do jornal O DEBATE em esclarecer possíveis dúvidas e suspeitas de duas outras candidaturas que ameaçavam as eleições na cidade, Welberth terá a capacidade de governar a cidade em uma fase de menos guerra, mas de grandes desafios.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here