PM reforçou segurança no bairro após morte de traficante e comércios fechados

Suspeito foi morto durante troca de tiros com Policiais Militares, na manhã de terça-feira (12), na Rua W16

Um confronto entre homens apontados como traficantes e Policiais Militares do 32° BPM resultou na morte de um dos suspeitos, na manhã de terça-feira (12), na Rua W16, no bairro Lagomar, em Macaé. Segundo a PM, nenhum morador ou agente policial ficou ferido durante o tiroteio.

De acordo com a polícia, a ação aconteceu quando membros do Grupo de Ações Táticas (GAT), se deslocaram para a região, após denúncia de tráfico de drogas, na Rua W16, onde criminosos estariam dentro de um veículo, modelo Saveiro, de cor azul, repassando drogas para um outro comparsa que estava em uma bicicleta. Ainda de acordo com a denúncia, os materiais entorpecentes estariam dentro de um terreno baldio, – ao lado de uma oficina mecânica -. A polícia afirma que as drogas seria de um traficante conhecido como ‘Marreta’.

Ao avistar a aproximação da viatura da PM, um dos criminosos efetuou vários disparos de arma de fogo contra os policiais, que revidou à agressão, vindo atingir o criminoso que estava na direção do veículo, que foi identificado como José Marcos Flores da Silva, vulgo, ‘Zé do Mato’, de 22 anos.

Ainda segundo a PM, os criminosos partiram em fuga com o veículo e, mais à frente o comparsa que estava na carona fugiu em direção a Restinga do Parque de Jurubatiba. Ao revistar o automóvel, a PM constatou que o motorista estava gravemente ferido, onde foi socorrido e encaminhado para o Hospital Público de Macaé (HPM), mas não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.

No interior do veículo, a polícia encontrou seis tabletes de ervas secas prensadas, pesando cinco quilos de maconha, um revólver calibre 38, duas munições intactas, uma faca e um aparelho de celular.

Segundo informações da PM, ‘Zé do Mato’ seria o responsável pelo tráfico de drogas na comunidade dos municípios de Carapebus e Quissamã. Ainda segundo informações dos policiais, ele teria passagem por roubo.

O caso foi registrado na 123ª DP de Macaé.

Traficantes dão toque de recolher

No início da tarde de terça-feira (12), não foi nada fácil para moradores da localidade. Quem precisou pegar o transporte coletivo para ir ou voltar do trabalho, por exemplo, enfrentou dificuldades. Segundo moradores, por determinação de traficantes, alguns comércios foram fechados e alguns transportes coletivos pararam de circular pelo bairro, após a execução do suposto traficante que foi morto durante confronto.

Segundo relatos da população, traficantes que comandam o bairro passaram dando ordem para os comerciantes encerrarem o expediente, e caso algum trabalhador contrariasse a ordem, sofreria algum tipo de represália.

Em nota, a Prefeitura de Macaé informou que, os ônibus do Sistema Integrado de Transporte (Sit) foram suspensos dentro do bairro, a pedido da Polícia Militar. Temporariamente, o embarque e o desembarque ocorrem na Rodovia Amaral Peixoto (RJ-106), no Posto BR.

Segurança reforçada

A operação realizada pela Polícia Militar no interior do bairro Lagomar continua efetiva. O objetivo do trabalho é sufocar o tráfico de drogas da localidade, após a morte de um dos integrantes do tráfico da região.

Em resposta aos bandidos, a PM coloca em prática uma operação, fazendo incursões na área à procura de marginais e também com o intuito de encontrar drogas e armas. De acordo com o comandante do 32° BPM de Macaé, tenente-coronel André Oliveira, através de denúncias feitas pelos próprios moradores, muitos integrantes do tráfico de drogas fogem ao perceberem a ação da PM no local.

O tenente coronel disse ainda que esta operação pode servir como exemplo para meliantes de outras comunidades. “É importante que eles vejam que a Polícia Militar não vai admitir esse tipo de afronta. Se acontecer em qualquer lugar, nós vamos dar a resposta com nossas operações. Nós nos preocupamos com a população.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here