Rio Macaé - Divulgação

Comitê de Bacia debate o projeto, escuta a população e divulga informações para conhecimento público

A proposta de construção de uma Pequena Central Hidrelétrica no Rio Macaé vem sendo tema de análise no Comitê de Bacia Hidrográfica dos rios Macaé e das Ostras. Com realização de debate e divulgação de informações sobre o projeto, o colegiado busca entender os termos propostos e envolver a comunidade no processo de decisão.

Como parte do esforço para trazer o tema ao debate público, o Comitê reuniu e passa a disponibilizar toda a documentação a que teve acesso sobre o projeto no site: cbhmacae.eco.br/2020/09/15/entenda-os-detalhes-da-proposta-de-construcao-de-pequena-central-hidreletrica-no-rio-macae/

A lista de documentos disponíveis para consulta na página contém o pedido de outorga para a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), o Projeto Básico com os anexos 3, 12, 13, 14 e 15, uma instrução técnica para elaboração de estudo de impacto ambiental e o planejamento técnico para vistorias.

Também estão disponíveis as informações sobre como o tema vem sendo abordado no âmbito do Comitê de Bacia, através da resolução 79/2017; dos ofícios 72/2017, 71/2019, 29/2020 e 63/2020; e das atas de reuniões de Plenária e da Diretoria Colegiada.

No dia 9 de setembro, o projeto de construção da PCH no Rio Macaé esteve em debate durante Plenária Extraordinária do Comitê. A reunião, realizada por videoconferência, foi convocada especificamente para análise do projeto, com apresentação por parte dos empreendedores e espaço aberto para debate, com participação de moradores, entidades da sociedade civil, legisladores, pesquisadores e pessoas de dentro e de fora do Comitê.

No ano passado, o Comitê divulgou manifestação contrária à instalação da Pequena Central Hidrelétrica. Agora, a Plenária abriu espaço para entender melhor o tema, tirar dúvidas e ouvir a comunidade local.

“Na ocasião, ficou claro que toda a comunidade da região está atenta e receosa das consequências de uma intervenção desta magnitude no Rio Macaé, principalmente no que diz respeito aos diversos usos da água existentes e o comprometimento destes usos em um futuro muito próximo”, afirma o presidente do Comitê, Rodolfo Coimbra.

O processo de licenciamento da Pequena Central Hidrelétrica também foi tema de novo debate no dia 14, durante reunião da Diretoria Colegiada do Comitê. Na ocasião, ficou decidido que o Comitê irá elaborar uma Nota Técnica, e membros demonstraram preocupação sobre aspectos do projeto.

Entre os temas sensíveis apontados pela Diretoria do CBH estiveram o ecoturismo, importante fonte da renda de diversas famílias da região, a manutenção da biodiversidade e os impactos sobre as Unidades de Conservação da região que compõem o Mosaico Central Fluminense, além do balanço hídrico do Rio Macaé (diferença entre a disponibilidade de água e as demandas de uso existentes no trecho).

Tomás Baggio – Assessor de Comunicação do Comitê de Bacia do rio Macaé 

1 COMENTÁRIO

  1. AGORA SIM !!! , VAI FERRAR TODA AS POPULAÇÕES DE MACAÉ E RIO DAS OSTRAS RJ !!! VAI FALTAR ÁGUA POTÁVEL PARA POPULAÇÕES DE MACAÉ E RIO DAS OSTRAS RJ !!! , MACAÉ RJ JÁ TEM AS 14 TERMOELÉTRICAS QUE DEMANDAM ÁGUA DO RIO MACAÉ RJ !!! , SE FIZER UMA USINA HIDRELÉTRICA NO RIO MACAÉ ! SERÁ O FIM DA ÁGUA POTÁVEL PARA AS POPULAÇÕES DE MACAÉ E RIO DAS OSTRAS RJ E ALÉM DISTO FALTAR A ÁGUA PARA TOCAR AS 14 TERMOELÉTRICAS !!!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here