Comerciantes fazem manifestação e solicitam comércio aberto já - Divulgação

A manhã desta segunda-feira foi marcada pela manifestação dos empresários e microempresários da cidade, reivindicando audiência com Prefeito Welberth Rezende para tratar da reabertura do comércio macaense imediatamente. O movimento, intitulado ‘Comércio aberto já precisamos trabalhar’, ligado à Associação Comércio Forte, contou com a participação de centenas de comerciantes, paralisando todo o trânsito da Avenida Presidente Sodré, interrompendo ainda o trânsito na Ponte que dá acesso a Barra de Macaé.

Também presente à manifestação, o empresário Léo Ribeiro informou que os inúmeros profissionais do comércio estão pedindo ao Prefeito para que flexibilize o decreto 079\21, revise suas decisões de continuidade ao decreto. “Nós dependemos deste trabalho para o sustento de nossas famílias. Aqui tem pais de família que estão em uma situação deplorável com aluguéis e boletos atrasados, demitindo seus funcionários, aumentando consideravelmente o desemprego em Macaé, uma situação calamitosa”, declarou o comerciante.

E prosseguiu: “Então Prefeito, tenha a sensibilidade no sentido de mitigar esse decreto e, de forma responsável, respeitando a vida e as medidas sanitárias, promover a reabertura do comércio já.”
Na oportunidade, todos clamavam em voz alta ‘queremos trabalhar, queremos trabalhar…’ Os manifestantes gritavam que tinham filhos pra criar e pediam a reabertura do comércio já.

Por outro lado, o Prefeito Welberth Rezende marcou reunião às 15h desta segunda-feira (5) com os representantes das classes comerciais, Acim CDL, Polo Gastronômico, Comércio Forte, entre outros.
O que se comenta nos bastidores é que a tendência do chefe da administração municipal é de flexibilizar gradualmente a partir da próxima semana por causa dos números registrados nos últimos dias nos Centros de Triagem da Covid-19, comprovando queda de infectados

1 COMENTÁRIO

  1. O Lockdown é um mal necessário para aliviar os leitos hospitalares dedicados ao combate do Covid-19. Gerencialmente poderia ser um ganha-ganha ou talvez um perde-perde. Por exemplo: das 9:00 às 11:00 somente para idosos acima de 55 ou 60 anos e das 11:00 às 18:00 geral mas seguindo todos os protocolos como evitar aglomerações, etc. Todos que foram Rui Barbosa sábado viram a bagunça que estava para entrar nas Lojas Americanas. Isto não pode ocorrer. Nestes casos a restrição deveria ser das 9:00 às 12:00 para idosos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here