Desde o início do ano letivo o CAp passou a funcionar na Cidade Universitária, situada na Avenida Aluízio da Silva Gomes, número 50

Instituição é a primeira colocada entre as escolas públicas de Macaé

Com 235 alunos divididos em sete turmas do ensino médio, o Colégio de Aplicação (CAp) mais uma vez se destaca entre as escolas públicas de Macaé, no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), de acordo com o resultado divulgado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), do Ministério da Educação (MEC), nesta segunda-feira (29).

Sendo a escola pública mais bem colocada e a terceira no ranking do município, tendo 655,85 como média geral e, 833,53, como média na redação, a instituição, que nesse ano completa 10 anos de história, ficou atrás apenas de duas escolas da rede privada de ensino na nota geral. O CAp vem sendo considerado a segunda melhor escola pública municipal de Ensino Médio do Brasil.

Há 10 anos no comando do Colégio de Aplicação (CAp), a diretora da escola Wanessa Leal, comemora. “Diante dos muitos desafios atuais, caminhamos acreditando na Educação Pública e, por isso, não deixamos de oferecer aos estudantes, conhecimentos que os fazem chegar aonde quiserem. Exemplo disso é o resultado do Enem de 2019, onde nossa escola se destaca mais uma vez dentro do município. Parabéns aos nossos professores pelo excelente trabalho e aos alunos que fazem sempre o seu melhor”.

Funcionando em horário integral, das 7h30 às 16h30, a unidade segue sendo referência no Enem e alavancando as carreiras dos alunos que se dedicam durante o ano todo em busca de sonhos e melhores condições de vida, não sendo diferente frente ao cenário pandêmico.

Apesar das aulas presenciais estarem suspensas em cooperação ao isolamento social, principal medida protetiva no combate à propagação do vírus, a unidade de ensino segue atuando remotamente através do Ensino à Distância (EAD) com as atividades virtuais e, aos alunos com dificuldades em acessar a internet, a escola as envia impressas até suas residências.

Wanessa destaca que ser diretora do Colégio de Aplicação (CAp) a traz uma satisfação em sua área de educadora. “Tenho 30 anos de magistério no município e há 10 anos estou na direção da escola. É um desafio agradável, com uma equipe muito comprometida com tudo o que faz, conseguindo conquistar os alunos pelo sabor da educação e conseguindo fazer ao longo desse tempo uma educação pública de qualidade, por isso os resultados”.

De acordo com a diretora, o sentimento de pertença ao CAp é muito incentivado, desde os funcionários até os alunos. “Nós gostamos muito do que fazemos. Estamos na escola não só para cumprirmos com o nosso papel enquanto profissional, mas também para formar pessoas. Pessoa não é só uma gaveta de conhecimentos, formar pessoa é pensar nesse humano como o indivíduo que vai atuar na sociedade que precisa muito de pessoas justas, éticas, que sejam capazes de transformar e ter objetivos na vida”, pontua.

Eduardo Damas, professor de geografia da instituição desde a sua fundação, pontua. “É muito gratificante trabalhar num colégio que permite aos alunos realizarem os seus sonhos e ingressarem nas universidades públicas de Macaé e de várias partes do Brasil. Porém, o mais importante para nós é contribuir para a formação de cidadãos que contribuam para o desenvolvimento de uma sociedade mais justa para todos os brasileiros”.

Para acompanhar o desempenho do Colégio de Aplicação (CAp) na íntegra, basta acessar http://www.inep.gov.br/.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here