Vítimas foram identificadas como, Tharcio Cristian da Silva Rodrigues; Igor Dias Pessanha; Cristof Nogueira Boré, Levi Francisco Marques, e Sarah Emily de Oliveira Silva - Arquivo pessoal

Crimes chamaram atenção das autoridades pública, já que as ações criminosas aumentam diariamente na cidade

O mês de maio tem sido considerado violento no que tange a homicídios na cidade de Macaé. Somente neste fim de semana, a Polícia Militar registrou cinco assassinatos e as vítimas foram identificadas como, Tharcio Cristian da Silva Rodrigues, de 19 anos; Levi Francisco Marques, de 21; Sarah Emily de Oliveira Silva, de 14; Igor Dias Pessanha, de 24; e Cristof Nogueira Boré, de 20 anos.

O último assassinato aconteceu na noite de domingo (24), por volta das 23h, na Rua Getúlio Vargas, no bairro Miramar, quando um desentendimento familiar resultou na morte do lutador de jiu-jítsu, Tharcio Cristian da Silva Rodrigues, de 19 anos, sendo esfaqueado por um homem, apontado como cunhado da vítima. Tharcio não resistiu aos ferimentos, morreu no local e o criminoso fugiu, sendo capturado horas depois pelos policiais militares e encaminhado para a 123ª DP de Macaé.

O penúltimo crime foi registrado na noite de sábado (23), na Estrada do Imburo, no bairro Itaparica, quando a vítima identificada como, Igor Dias Pessanha, de 24 anos, estava dirigindo um veículo e foi imprensado por um outro carro ocupado por criminosos que efetuaram vários disparos de arma de fogo contra o rapaz que morreu no local.

Ainda no sábado, um jovem de 20 anos, identificado como, Cristof Nogueira Boré, morreu no Hospital Público de Macaé, após trocar tiros com a Polícia Militar em uma das comunidades da cidade. Cristof chegou ser socorrido e não resistiu aos ferimentos.

Na noite de sexta-feira (22), um casal de jovem foi morto a tiros dentro de um carro, quando saía do supermercado Atacadão , no bairro São José do Barreto. As vítimas foram identificadas como, Levi Francisco Marques, de 21; Sarah Emily de Oliveira Silva, de 14. Levi foi socorrido e encaminhado para a UPA da Barra de Macaé, mas não resistiu aos ferimentos. Já a Sarah não teve a oportunidade de ser socorrida e morreu dentro do veículo.

Todos esses crimes seguem em investigação na 123ª DP de Macaé.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here