Cantores OSC

Noite de folia carnavalesca e muita animação promete rolar no Sentrinho nesta sexta-feira (22)

Muito samba no pé, confete, serpentina e animação. Assim, vai rolar o grande agito da cidade, abrindo as celebrações do carnaval macaense. Trata-se do Gourmet Sentrinho Unimed, que realiza a festa de abertura do carnaval 2020, nesta sexta-feira (14). O evento acontece com traje à fantasia a partir das 21h30 nas dependências da Escola Sentrinho, ao som da super Banda Sentrinho de Carnaval.

Na oportunidade, o evento contará ainda com um concurso que irá eleger a mais bela e original fantasia. As diretoras do Sentrinho, Rita de Fátima Manhães Barreto e Renata Monteiro Jaber, informam que a venda antecipada de mesas acontece na sede da escola. Os contatos podem ser feitos pelos telefones (22) 2762-9647.

O Sentrinho promove todo ano, uma semana anterior ao carnaval, a já tradicional Abertura do Carnaval de Macaé, reunindo no pátio de sua escola a tradicional família macaense, que revive seus antigos carnavais de clubes, em um encontro com seus foliões fantasiados e clima de muita união e solidariedade.

Serviço:

Abertura do Carnaval no Gourmet Sentrinho-Unimed
Data: 14 de fevereiro
Local: Escola Sentrinho – Av. Evaldo Costa, 475 – Sol y Mar
Horário: 21h30
Convites: Individual – R$ 30 / mesa 4 cadeiras – R$ 120 (no dia do evento o valor será R$40 individual e mesa R$160)
Reservas de Mesas: (22) 2762-9647 / (22) 99739-2003 (Renata) (21) 99972-6482 (Ilza)

Neguinho

Orquestra Sentrinho de Carnaval

A super Orquestra Sentrinho de Carnaval conta com a participação dos cantores Lita Lopes, Keila Silva, Francisco Carlos (Chiquinho ) e Vicente de Paula, e dos seguintes músicos: Gil – Sax; Magno de Oliveira – Trompete; Carlão – Trombone; Marlinho – Trombone; Robertinho Valcácio – Bateria; Flamarion Neguinho – Guitarra; Daniel Abreu – Cavaquinho; Junior Muniz – Baixo; Luis Carlos – Teclados; Célio Maia – Teclados; e Diorninho – Surdo.
O repertório vai variar entre as tradicionais Marchinhas, Marcha Rancho, Sambas de Enredo e sucessos do momento com a roupagem nova de Carnaval.

Marchinhas

Descendente direta das marchas populares portuguesas, as marchinhas brasileiras vêm animando o Carnaval de rua desde o fim do século 19. Ó Abre Alas, composta por Chiquinha Gonzaga em 1899, é considerada a 1ª delas. Músicas curtas de compasso binário como das marchas militares, porém bem mais aceleradas, as marchinhas tiveram seu auge entre as décadas de 1930 e 1950.

Carnaval no Sentrinho

Composições como Allah-La Ô, de Haroldo Lobo e Nássara; Chiquita Bacana, de Braguinha e Alberto Ribeiro; Ta-hí, de Joubert de Carvalho; Me dá um Dinheiro aí, de Ivan Ferreira, Homero Ferreira e Glauco Ferreira; Turma do Funil, de Braguinha; Aurora, de Mário Lago; entre tantas outras, são sucessos nos blocos e bailes de Carnaval até hoje.

Com a ascensão das escolas de samba na década de 1960, as marchinhas foram perdendo espaço para os sambas-enredo. Mas a ressurreição do carnaval de rua, que explodiu nas ruas de São Paulo, Rio de Janeiro e em outras capitais brasileiras nesta década, trouxe de volta essas divertidas sátiras musicais que retratam muito da realidade de sua época.

Gourmet Sentrinho – Unimed

Com edições mensais, o programa reúne música e gastronomia, integrando alunos, equipe e a comunidade. As edições anteriores registraram um estrondoso sucesso, apresentando bandas e chefs de cozinha dos mais destacados.

“O projeto cultural Goumert Musical é um momento muito especial que reúne amigos no nosso pátio, onde a alegria, a solidariedade, o carinho nos fazem acreditar que vale a pena sonhar e lutar”, frisou a diretora Rita.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here