Novo endereço contará com ambiente maior e irá otimizar o serviço prestado na cidade

Um órgão que tem como finalidade promover a inserção de jovens no mercado de trabalho e oferecer um primeiro contato com as profissões. Assim é o Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE), uma instituição filantrópica, mantida pelo empresariado nacional, de assistência social, sem finalidades lucrativas e que trabalha em prol da juventude estudantil brasileira.

Há mais de cinco décadas o órgão atua no encaminhamento de estudantes em seu primeiro contato com o mercado de trabalho por meio do Programa de Estágio e de Aprendizagem. No município de Macaé, os serviços começaram a ser prestados há cerca de três décadas e a cidade começou a contar com uma unidade no final da década de 90.

E agora, mais de 20 anos depois, a cidade ganha uma nova unidade, que visa melhorar ainda mais o serviço prestado à população macaense. A grande inauguração aconteceu na manhã desta sexta-feira (31). O objetivo é oferecer melhor estrutura aproveitando o potencial do mercado de trabalho da cidade.

A nova unidade do CIEE fica situada na Avenida Rui Barbosa, no Calçadão, nº 275, 1º andar, Galeria Macaé Center, no Centro. O horário de atendimento será de segunda a sexta-feira, das 08h às 17h.

Segundo o supervisor da Unidade Macaé do CIEE, Humberto Lima, a nova estrutura será maior em comparação a anterior. “Com isso ofereceremos um melhor atendimento ao poder público, às empresas e aos estudantes. O CIEE/Rio quer se colocar como a locomotiva da retomada da economia da Capital Nacional do Petróleo e, para isso, está inaugurando sua nova unidade de produção. Numa demonstração de pujança, neste ano, em números do mês de julho, a Unidade de Macaé contratou 1.229 aprendizes e 1.147 estagiários, que integram os 11.886 aprendizes e os 30.642 estagiários contratados em todo Estado do Rio de Janeiro”, explicou.

Lembrando que o atendimento para os estudantes é gratuito. “Os jovens fazem o cadastro para o programa de estágio, após aprovação, passam a estagiar nas empresas. O projeto visa gerar emprego e renda por meio do programa de estágio”, ressaltou a psicóloga Camila Barros.

De acordo com a assistente social Aline Oliveira, a Unidade de Macaé atende a 120 jovens, por meio do Projeto Jovem Alerta, todos jovens encaminhados pela rede socioassistencial do município, principalmente pelos CRAS e CREAS da localidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here