odebateon

Deputado participou da criação da Subcomissão de Óleo e Gás na Câmara Federal

O deputado federal Christino Áureo (PP) conseguiu nesta quarta-feira (3) que a Câmara Federal constituísse a Subcomissão de Óleo e Gás no Congresso Nacional, a fim de discutir assuntos importantes para o segmento e especialmente para estados e municípios produtores de petróleo. A subcomissão funcionará no âmbito da Comissão de Minas e Energia da qual o deputado é membro. Segundo Christino, este é um passo fundamental para o desenvolvimento do setor.

“Hoje (ontem) foi mais um dia de vitória no Congresso, conseguimos a criação da subcomissão e ainda, transformá-la em uma subcomissão permanente, dada a relevância da cadeia produtiva do petróleo para o desenvolvimento do país e, mais ainda, para o Estado do Rio de Janeiro, com ênfase nos municípios do Norte Fluminense e litorâneos. Caberá a esta subcomissão estruturar a discussão de temas fundamentais como, distribuição de royalties e participações especiais, lei do gás, preços de combustíveis, e principalmente as rodadas de leilão do pré-sal e pós-sal, que trarão bilhões em investimentos para os municípios, gerando milhares de empregos, tão necessários para levar alguma esperança aos lares brasileiros”, afirmou o deputado.

Robson Oliveira/Divulgação

A articulação para a criação da subcomissão vem sendo feita pelo deputado. Nesta quarta (3), ele se reuniu com o Secretário de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis do Ministério de Minas e Energia, Márcio Félix. No encontro o parlamentar buscou conhecer os projetos do Ministério para esta área, já que o Estado do Rio de Janeiro é produtor de óleo, gás e etanol.

Félix explicou que estão confirmados os leilões de áreas de produção de petróleo no pré e pós-sal, para outubro e novembro deste ano. Para o deputado Christino Áureo, os leilões são fundamentais para o Estado do Rio. “Nós estamos buscando a retomada da indústria do petróleo no Brasil, e a realização destes leilões é importante para dar continuidade a este trabalho. Os leilões vão gerar investimentos e com isso a volta dos empregos para Macaé e Região”, disse Christino Áureo.

Outro assunto discutido na reunião foi a volta das discussões na Câmara Federal sobre a Lei do Gás, um marco importante para o estado do Rio. Segundo Christino, nos próximos anos, a oferta de gás no estado vai aumentar e precisamos estar preparados para receber esta oferta. “A expectativa é que nos próximos 10 anos a oferta de gás natural vindo do Pré-sal para o estado do Rio de Janeiro vá crescer muito, e nós precisamos estar preparados para este momento. Atualmente o preço do gás praticado no estado do Rio impossibilita a expansão da indústria e ainda prejudica a oferta de gás residencial e veicular. Precisamos aproveitar este aumento de crescimento na produção de gás natural, que deve acontecer nos próximos anos, para fazer com que este benefício chegue ao consumidor”, concluiu.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here