Veículo em alta velocidade na areia da praia chama atenção dos banhistas, na manhã de domingo (12). População pede fiscalização no local - Vídeo/ Eu, leitor, o repórter

Imprudência foi registrada por banhistas, na manhã de domingo (12), na Praia das Pedrinhas, localizada entre Macaé e Rio das Ostras

O trânsito de motociclistas e carros na Praia das Pedrinhas, que fica entre a divisa dos municípios de Rio das Ostras e Macaé, tem preocupado banhistas que vão para o local tomar banho de praia ou de sol. Diante da pandemia do novo coronavírus, o local está proibido de ser frequentado, porém banhistas precisam lidar com o movimento de veículos na extensão da faixa da areia, sendo um risco às pessoas, principalmente para as crianças que brincam às margens do mar.

Na manhã de último domingo (12), banhistas flagraram um veículo trafegando em alta velocidade na areia da praia, que por pouco quase não terminou de forma trágica, já que dezenas de banhistas estavam no local.

No vídeo é possível ver o veículo, modelo Fusion, de cor branca, indo de um lado para o outro, que em seguida, faz uma manobra e retorna em alta velocidade, que mais à frente o carro fica atolado na areia fofa.

Ainda no local, foram flagrados uma pickaup, de cor cinza, próximo dos banhistas, e diversas motociclistas. O local precisa de uma fiscalização ostensiva por parte da Guarda Municipal e da secretaria de Mobilidade Urbana.

O jornal O DEBATE entrou em contato com a assessoria de comunicação da prefeitura de Rio das Ostras para saber se existe planejamento de fiscalização no local, mas não recebemos nenhuma resposta.

2 COMENTÁRIOS

  1. Reportagem superficial ! A grande maoria das pessoas que la frequentam se respeitam e algumas até se conhecem de vista devido ao local. Basta ir um marginal qualquer la e vocês vem falar esse monte de besteira.
    Nos Poupe !

  2. Estou de acordo,tem fiscalizar estes marginais que pra se mostrarem,fazem estas babaquices.Sou frequentador há mais de 50 anos.Sou macaense e acho que a culpa também é da PMM, pois se quiser pode evitar isso.Abrindo a passagem na lagoa com restrições.Eles sabem como fazer.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here