Presidente Jair Bolsonaro durante cerimônia no Palácio do Planalto - Divulgação

O presidente da República, Jair Bolsonaro, disse nesta quinta-feira (25) que o convite ao general do Exército, Joaquim Silva e Luna, para presidir a Petrobras, deve trazer uma nova dinâmica para a empresa. A fala foi feita durante um discurso do presidente em uma agenda na cidade de Foz do Iguaçu (PR).

– O convite que fizemos ao senhor general Silva e Luna para presidir a Petrobras visa uma nova dinâmica àquela empresa. E nesse momento eu agradeço a ele por ter aceitado esse convite. E pode ter certeza que todos aqueles que dependem do produto da Petrobras vão se surpreender positivamente com seu trabalho quando ele lá assumir – disse.

Silva e Luna foi indicado na semana passada para o comando da estatal, após insatisfações do presidente da República com a direção do economista Roberto Castello Branco. No discurso desta quinta, Bolsonaro também elogiou o trabalho de Silva Luna como diretor-geral brasileiro da Itaipu Binacional.

– Estando à frente dessa estatal binacional, ele realmente a conduziu de forma ímpar, combatendo desvios, colocando-a no rumo da prosperidade, colaborando com o governador do estado, o senhor Ratinho Jr., colaborando com mais de 30 prefeituras da região – declarou.

Desde fevereiro de 2019, o general da reserva atua como diretor-geral brasileiro da Itaipu Binacional, hidrelétrica que pertence ao Brasil e ao Paraguai e responde por 15% da energia consumida pelos brasileiros.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here