Secretário de Educação, Guto Garcia, diz que o projeto é pioneiro no Estado do Rio de Janeiro

Responsáveis devem comparecer até nesta quinta-feira a sede da Secretaria de Educação

Os responsáveis pelos alunos contemplados do Bolsa Escola, inclusive os da primeira etapa, devem ficar atentos. Termina nesta quinta-feira (15), o prazo para dar entrada no processo de pagamento dos beneficiários do programa. Os pais/ responsáveis legais devem comparecer a Secretaria de Educação, das 9h às 16h, na sala 301 (terceiro andar). A sede fica situada na Rua Vereador Djalma Sales Pessanha, número 591 – Novo Botafogo (próximo ao SENAI).

Para receber a bolsa, os contemplados da lista da segunda etapa deverão apresentar os seguintes documentos: cópia do CPF; cópia do cartão ou extrato de conta bancária em nome do aluno. Vale ressaltar que aqueles que não comparecerem, automaticamente, perderão a oportunidade e a prefeitura irá divulgar a listagem dos suplentes. A concessão é para 100 alunos do segundo segmento do Ensino Fundamental, que tiveram as melhores notas referente às disciplinas de Língua Portuguesa, Matemática, História, Geografia, Ciências, Inglês, Artes e Educação Física.

O programa prevê o pagamento do benefício de R$ 600,00. Em contrapartida, os estudantes beneficiados farão atividades pedagógicas nas escolas, em apoio a alunos com dificuldades, durante oito horas semanais. A prefeitura irá entregar certificados aos contemplados no próximo dia 20, às 18h, no auditório da Cidade Universitária.

Lucas Gabriel Siqueira Pinto, de 14 anos, é aluno do Colégio Municipal Dr. Claudio Moacyr, no Parque Aeroporto. Ele ganhou pela segunda vez o processo seletivo do Bolsa Escola. Assim como Lucas, outros 51 alunos conseguiram manter a média e continuar no programa. “Este é um dos melhores programas lançados pelo governo”, disse ao entregar os documentos.

Juliana Mourão Santana, de 14 anos, é aluna do 8º ano do Colégio Municipal Maria Letícia, na Granja dos Cavaleiros. Pela primeira vez passou no Bolsa Escola. “Somos incentivadores para que nossos colegas possam também ser contemplados”, conta a estudante.

O programa conseguiu estreitar a amizade entre estudantes, e também evidenciar a atuação dos alunos beneficiados na primeira etapa, que conseguiram tirar boas notas e serem contemplados nesta segunda fase.

O secretário de Educação, Guto Garcia, pontuou que o Bolsa Escola é um projeto pioneiro no estado e uma conquista positiva para as 106 escolas municipais. “Estamos conseguindo destacar alunos com melhores notas, contribuir com o processo de ensino e ajudando a elevar a qualidade de vida dos estudantes beneficiados, que estão cada vez mais empenhados nos estudos. A comprovação é que mais de 50% dos alunos conseguiram continuar com boas notas e irão receber também nesta segunda fase. A frequência melhorou nas escolas e todos estão muito mais motivados para estudar”, explicou.

O Bolsa Escola está previsto em decreto (Lei 4.529/2018) e está diretamente relacionado ao desempenho pedagógico do aluno. Portanto, poderá se repetir a cada bimestre letivo para o estudante ou ser concedida a outro, que atender as exigências.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here