Professor Rodrigo Nunes da Fonseca considera muito positiva para Macaé a aliança entre a Prefeitura e o NUPEM/UFRJ para o combate ao coronavirus - Divulgação

Parceria NUPEM e Prefeitura produz retrato do cenário pandêmico do município, alertando sobre a necessidade de se retomar as medidas de proteção a contaminação do Covid-19

O Instituto de Biodiversidade e Sustentabilidade (NUPEM/UFRJ) e o poder público municipal se unem para fazer um retrato do cenário pandêmico do município, alertando sobre a necessidade de se retomar as medidas de proteção a contaminação do Covid-19. O público em geral tem acompanhado de perto e dia a dia destes registros graças a existência dos testes e das equipes do instituto e da Prefeitura, apontando para um expressivo aumento no número de casos positivos.

O Diretor do NUPEM/UFRJ, Professor Rodrigo Nunes da Fonseca, faz um alerta para a gravidade da questão mas afirma que este aumento não significa necessariamente aumento no número de mortes.

“O número geral é de 17% de positividade e nos sintomáticos do CTC é de 32% na última semana. No início de setembro tínhamos 9% dos testados no CTC e o número foi subindo gradativamente até chegar nos 32%”.

Professor Rodrigo Nunes da Fonseca considera muito positiva para Macaé a aliança entre a Prefeitura e o NUPEM/UFRJ para o combate ao coronavirus – Divulgação

E prosseguiu: “a aliança entre a Prefeitura, o NUPEM/UFRJ e os demais atores do projeto de pesquisa e diagnóstico de COVID-19 permite que os dados científicos atualizados sejam discutidos com o poder público municipal e possam nortear as decisões públicas da esfera municipal e se antecipar aos possíveis futuros acontecimentos”, declarou o diretor, acrescentando que esta parceria bem sucedida é um exemplo para o Estado e para o país. “O momento é de atenção e não de desespero mantendo a utilização de máscaras e evitando aglomerações”, frisou.

Neste sentido, a Prefeitura informa que o setor registrou expressivo aumento de casos confirmados de Covid-19, justamente em decorrência dos mutirões de testagem que acontecem nos bairros e aos testes realizados no Centro de Triagem do Paciente com Coronavírus de Macaé (CTC), oportunizando tratamento precoce, diminuindo, assim, as complicações da doença.

Até quarta-feira (21), o município registrou 9.004 casos de coronavírus confirmados. Destes, 8.916 são pacientes recuperados/removidos (total de recuperados mais quantidade de óbitos), sendo 166 óbitos.

Por outro lado, as taxas do município, nesta quarta-feira (21) são 27% de ocupação de leitos terapia intensiva SUS Covid-19, 0,98 de reprodução do vírus; e 1,84% de letalidade.
Durante recente coletiva com a imprensa, o Prefeito Dr. Aluizio Santos esclareceu que a taxa de ocupação de leitos, que precisa permanecer abaixo de 50%, continua no momento em 27%. O chefe do executivo salientou que o distanciamento social e o uso de máscara continuam sendo as principais armas de prevenção à doença. Dr. Aluizio deixou claro que não é motivo para pânico, mas que o momento inspira cuidados.

“A sociedade passou a lidar com a Covid-19 de maneira mais permissiva. Parece que as pessoas não olham o vírus como uma ameaça, mas teoricamente perderam o respeito e o medo da transmissão”, declarou o prefeito, enfatizando o uso de máscara sempre e evitar aglomerações.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here