Tinta foi espalhada sobre impressora e outros materiais durante invasão, na madrugada desta terça-feira (11) - Secom Casimiro

Salas e materiais foram depredados durante a madrugada desta terça-feira (11), no distrito de Barra de São João

O Ciep Municipalizado Ludevis Teixeira Bastos, em Barra de São João, distrito de Casimiro de Abreu, foi invadido e vandalizado na madrugada de terça-feira (11). Por causa da ação de vandalismo, a Prefeitura informou que as aulas na unidade de ensino seguem suspensas até quarta-feira (12), para a realização de uma perícia da Polícia Civil, além de organização da escola.

A escola teve várias salas e materiais depredados e tintas foram derramadas sobre móveis e equipamentos. A informação foi divulgada na rede social oficial da Prefeitura. Segundo o município, até as 22h de última segunda-feira (10), dois policiais do Proeis e um Guarda Municipal faziam a ronda no local. Após esse horário, um Guarda permaneceu de vigia na escola.

No entanto, o agente informou que não percebeu qualquer movimentação estranha dentro do prédio. A Prefeitura de Casimiro disse que vai abrir um inquérito administrativo para que todos os fatos sejam averiguados.

O município emitiu uma nota repudiando o ato criminoso de vandalismo, lamentou o ocorrido e afirmou que está tomando todas as providências necessárias para retomar as aulas o mais rápido possível. Ainda segundo a Prefeitura, desde 2017, a Guarda Municipal vem estabelecendo uma relação de confiança e proximidade com os estudantes da rede municipal.

Além da presença constante dos guardas municipais nas unidades de ensino, a escola desenvolve projetos de combate às drogas e à violência, por meio de projetos desenvolvidos pelas Secretarias de Ordem Pública e Defesa Civil e Educação.

A equipe de reportagem do Jornal O DEBATE entrou em contato com a Polícia Civil da cidade, mas até o momento em que finalizava esta edição não recebemos nenhuma resposta.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here