Audiência Pública no Centro de Convenções será realizada pelo Ibama

Evento será realizado no auditório do Centro de Convenções Jornalista Roberto Marinho, a partir das 19h

Nesta terça-feira (16), será realizada uma Audiência Pública de apresentação do Estudo de Impacto Ambiental (EIA) das Usinas Termoelétricas Jaci e Tupã, no auditório do Centro de Convenções Jornalista Roberto Marinho, às 19h.

Caso os projetos vençam o leilão de energia nova A-6 de 2019, que será realizado em outubro, as obras em Cabiúnas, em Macaé, se iniciam já no próximo ano. Para a UTE Tupã, a estimativa para mão de obra é de aproximadamente dois mil trabalhadores e para a UTE Jaci é de mil empregos gerados.

A população está convidada para participar do evento e para facilitar o transporte, estão sendo disponibilizados ônibus para fazer o translado dos interessados, gratuitamente, por rotas. Rota 1: Parque de Tubos, Edinc, Cidade Universitária e Centro de Convenções; Rota 2: Imburo, Aterrado do Imburo e Centro de Convenções; e Rota 3: Carapebus, Celso Daniel e Centro de Convenções.

A audiência pública será realizada pelo Ibama, com o apoio da Global Participações em Energia S/A – GPE, e da Ecology Brasil.

UTEs Jaci e Tupã

As UTEs serão do tipo ciclo combinado, contando com turbinas a gás, caldeiras de recuperação de calor para produção de vapor a partir dos gases de exaustão e turbinas a vapor. Esse tipo de configuração se apresenta como muito eficiente, devido ao acoplamento térmico entre os dois ciclos associados. As usinas utilizarão o gás natural escoado até a Unidade de Processamento de Gás Natural (UPGN) Cabiúnas, situada no Terminal de Cabiúnas (TECAB), que faz limite com a área do Complexo Termelétrico.

O projeto considera que a interligação das plantas ao Sistema Elétrico será feita por meio do seccionamento da Linha de Transmissão (LT) Campos II / Lagos, e de uma Linha de Transmissão em 500 kV a ser construída. De modo a atender as normas e diretivas estabelecidas pelo Conama, e mitigar e prevenir possíveis impactos ambientais a serem causados pelos processos de construção e operação das usinas, as UTEs contarão com sistemas de controle ambientais e dispositivos de armazenamento e liberação de emissões atmosféricas, efluentes líquidos, sólidos e emissões atmosféricas.

O objetivo das UTEs Jaci e Tupã é gerar energia elétrica e fornecê-la para o sistema interligado nacional no submercado Sudeste/Centro-Oeste. A motivação da Usina decorre dos Leilões de Energia Nova, promovidos pela Agência Nacional de Energia Elétrica – ANEEL, voltados para a contratação de Novos Empreendimentos de Geração para o Sistema Interligado Nacional. A previsão para início de fornecimento é a partir de 1º de janeiro de 2024.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here