Aos 26 anos, Fábio Coco, macaense e artista independente, produziu o próprio trabalho, vendeu em quatro meses mais de mil CDs físicos e na internet soma mais de 100 mil execuções em suas músicas nas plataformas digitais. Neste mês, o artista lançou o single “Pink Money” e mais de mil pessoas já conferiram o trabalho nas redes.

Pensando em abordar um assunto que está em alta, o cantor compôs a música que para ele é o início de um novo ciclo em sua carreira, marcando a finalização da divulgação do seu primeiro CD, “Irreversível”, e iniciando o caminho para um novo projeto.

“Estou em uma nova fase da minha carreira musical, amadurecendo minhas composições e trazendo assuntos mais completos que o primeiro álbum. Em questão de sonoridade, esse novo single não se distancia do meu primeiro CD, pois eu quero fazer uma ponte onde em uma extremidade ele fechasse uma era e na outra ele começasse uma nova. Com “Pink Money” as pessoas não vão estranhar tanto o que há por vir, funcionará como boas vindas”, destaca.

Pertencente a Geração Z, os nascidos entre o fim de 1992 e 2010, a geração que já nasceu conectada, Fábio traz uma característica forte deste grupo, o entendimento do novo e a transformação de tudo. É isso que faz em sua carreira, no qual além de cantar e dançar, Coco é quem compõe as músicas e produz seus vídeos que são lançados em seu canal no youtube.

Formado em administração, o artista que também é professor de dança, só se sentiu completo ao descobrir o seu talento para música, com uma pegada do Pop brasileiro, Fábio já reúne fãs em todo estado e parcerias musicais com artistas da região como Abel Tomaz e Felipe Lins, ao qual já gravaram músicas compostas por Fábio e que também se tornaram sucessos.

Os shows de lançamento do single acontecem em Macaé no evento Miss Gay, no dia 18, a partir de 22h, no Centro Cultural Rinha das Artes. Já em Rio das Ostras será no Viradão Cultural – Prêmio Diversidade de Ouro, no Teatro Municipal, às 18h, a entrada é 1kg de alimento não perecível.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here