Com pandemia de coronavírus em vários países, prefeito anuncia inauguração da UPA de Rio das Ostras - Divulgação

Com avanço de contaminação de coronavírus em todo o estado, poder público anunciou abertura da Unidade Pronto Atendimento, do bairro Âncora

A estrutura da Unidade Pronto Atendimento (UPA), do bairro Âncora, em Rio das Ostras, já está pronta há seis anos, e esse impasse entre mudanças de governo e a população é uma ‘briga’ antiga, que agora parece sair do papel. Osso devido à pandemia do coronavírus que se instalou em todos os países.

O prefeito da cidade, Marcelino Borba, anunciou na rede social que a inauguração vai acontecer no próximo mês, no aniversário de Rio das Ostras, porém a data ainda não foi definida.

A UPA fica às margens da Rodovia Amaral Peixoto, sendo de fácil acesso para a população. O custo total da construção foi de R$ 4 milhões, onde foi concluída em 2013, e recebeu parte da verba do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

Construída inicialmente para ter capacidade de atendimento de 500 pessoas por dia, a unidade por determinação da prefeitura reduziu em 50% essa previsão e mesmo assim deve ajudar a desafogar a demanda de atendimento do Pronto Socorro, que oferece os serviços para uma população de 153 mil habitantes.

Dois anos atrás, o prefeito Marcelino Borba assegurou que em dezembro de 2018, a UPA seria colocada em funcionamento, o que não aconteceu.  Para tanto, a prefeitura mobiliou o local com macas, suportes de soro, mesas de exames, carros de curativos, biombos, braçadeiras para injeção, além de equipamentos como cardioversores, para atendimento de enfermidades cardíacas.

Vale ressaltar que o prédio vem sofrendo depredação por vândalos e deterioração pelo tempo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here