Andréa vai mostrar mais uma vez a versatilidade do seu expressivo talento, homenageando as cantoras e compositoras Clara Nunes, Beth Carvalho, Alcione, Maria Bethânia, Gal Costa, Rita Lee, Marisa Monte, Elza Soares, Ivone Lara, Nana Caimmi, Simone, Elis Regina, entre outras. - Divulgação

A cantora Andréa Martins retorna aos palcos virtuais com o espetáculo ‘Eu & Elas’, que vai rolar às 20h do próximo dia 22 de setembro

A consagrada cantora Andréa Martins ganha as redes sociais e retorna aos palcos virtuais com um espetáculo sensacional. Trata-se do show ‘Eu & Elas’, que vai rolar às 20h do próximo dia 22 de setembro, através do seu canal do Youtube (andreamartins.oficial), onde a cantora agita o cenário artístico com uma expressiva homenagem às grandes cantoras e compositoras brasileiras.

Andréa vai mostrar mais uma vez a versatilidade do seu expressivo talento, homenageando as cantoras e compositoras Clara Nunes, Beth Carvalho, Alcione, Maria Bethânia, Gal Costa, Rita Lee, Marisa Monte, Elza Soares, Ivone Lara, Nana Caimmi, Simone, Elis Regina, entre outras.

No show, ela fará uma linha do tempo, destacando as suas cantoras preferidas desde pequena, que ouvia junto a sua mãe Sueli Gonçalves e sua avó, e outras mulheres da família. A apresentação conta com o apoio da Secretaria Estadual de Cultura do Rio de Janeiro, já que a macaense inscreveu esse projeto no edital do final do ano passado e foi selecionado para receber recurso financeiro.

Brilhantismo

Merece lembrar que a cantora macaense deslancha sua carreira artística e vem brilhando no universo artístico virtual. Paralelamente, Andréa Martins também mostra brilhantismo como professora da rede municipal de ensino, sendo Psicopedagoga de formação e com especialização em Educação Artística, além de ser Orientadora Pedagógica da Escola de Artes Farah Cultural.

Nasce um talento

Nascida em Macaé, Andrea Martins cresceu no meio de uma família animada, festiva, e de muita música. Com mãe atriz, Sueli Gonçalves, e pai militar, Antônio das Graças Martins, Andréa já nasceu cantora, e viveu desde a infância em casa movimentada com a presença de músicos e sendo levada pelos pais para eventos noturnos como serestas. Assim, a menina canta desde pequena, inclusive em coral na Igreja São João Batista de Macaé.
Na fase adulta conheceu alguns músicos como Robson Farah, que sempre a convidava para fazer participações em seus shows. E foi justamente em 2014 que o músico Edson Batata, Coordenador Musical do Sentrinho, a convidou para fazer uma participação no Show das Divas no Sentrinho, junto com outras cantoras macaenses. Ali ressurgiu forte a sua paixão pela música, sendo o marco de uma carreira coroada de sucesso. A partir daí começaram a surgir os convites para shows, e a cantora não parou mais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here